Relatório da MP da Metrópoles pode ser votado semana que vem na Câmara Federal.

 
Apesar do voto favorável do relator e de uma tentativa de entendimento, a Comissão Mista da MP 862/18 – que analisa a criação da Região Metropolitana do Distrito Federal-, adiou a votação depois de um pedido de vista dos integrantes das bancadas de Goiás, Minas Gerais e Distrito Federal.

 

O relator, deputado José Nelto (PODE-GO) explicou o voto favorável é por ‘’ entender que a MP pode oferecer instrumentos de grande utilidade a governança e abrir caminhos adicionais aos problemas que atingem o entorno de Brasília.’’

 
 José Nelto propôs um aditivo de 20% no Fundo Constitucional do DF para serem investidos exclusivamente na nova região. Contudo, a bancada do Distrito Federal defende a criação de um fundo específico para Região.
 
A proposta do relator é criar uma comissão de governança dos estados envolvidos para gerenciar o orçamento suplementar. A proposta do Relatório tem resistência de alguns parlamentares. Por ano, a União repassa cerca de 14 bilhões de reais para garantir a segurança e saúde pública no DF.
 
Na quinta-feira à tarde (11/4) parlamentares das três bancadas envolvidas foram até a Casa Civil da Presidência da República para conversar com técnicos de assuntos parlamentares e da equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro. A intenção é costurar uma alternativa viável e que contemple o Distrito Federal, Goiás e também Minas Gerais. 
 
A próxima reunião da Comissão e votação do relatório está marcada para terça-feira da próxima semana, 16 de abril, às 10 horas, no Senado Federal, anexo II, Ala Senador Nilo Coelho, Plenário 2.