Mortes e contaminações pelo novo coronavírus avançam entre os indígenas da etnia, que se sentem abandonados pelas autoridades (Foto: Adriano Gambarini/OPAN).

Por:  – Cuiabá (MT) –  Desde meados de maio, o novo coronavírus avança pelos territórios da etnia Xavante. No boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (21), a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) aponta 286 pessoas confirmadas com a Covid-19 e 28 mortes. A campanha “A’uwe tsari: S.O.S. Xavante”, que também monitora os casos da doença, registrou 41 mortes na maior etnia do estado do Mato Grosso.