O Vila Nova venceu o Brasiliense (DF) por 3×1 nesta quinta-feira, dia 18 de fevereiro de 2021, no Estádio Serejão em Taguatinga no Distrito Federal na partida de volta entre ambos pelo Grupo V das semifinais da Copa Verde/2020, resultado que provocou decisão por pênaltis, em função do triunfo da equipe candanga por 2×0 fora de casa no jogo de ida, na qual o Brasiliense ganhou por 5×3 classificando para a Fase Final da competição, ficando o Vila Nova eliminado.

O Tigrão foi guerreiro. Precisava vencer por três gols de diferença para passar direto às finais, mas foi o Brasiliense que abriu o placar,  Zé Love com um gol de cabeça, aos 13 minutos. O Vila Nova reagiu com Alan Mineiro que empatou aos 25’ numa cobrança de falta. No segundo tempo, o Tigrão virou com Alan Mineiro, de pênalti.  João Pedro marcou aos 32’ e manteve o Vila com esperança na classificação.

Terminada a partida no tempo regulamentar estava perto a classificação colorada que devolveu com luvas a derrota por 2×0 para o Brasiliense no OBA e metendo 3×1 no Jacaré Candango. Nos pênaltis, porém a história foi outra.  A equipe alvirubra não foi feliz nas finalizações, e foi eliminada.

Michel, Wagner Baloteeli, Sandy, Aldo e Tobinha marcaram para o Brasiliense. Alan Mineiro, Dudu, Celsinho fizeram para o Vila Nova, mas João Pedro parou na defesa do goleiro Edmar Sucuri.

Na Fase Final da Copa Verde/2020, o Brasiliense terá como adversário o Remo (PA), que também nesta quinta-feira, dia 18 de fevereiro de 2021, tornou-se finalista ao golear em casa o Manaus (AM) por 6×2 depois de empatar fora de casa por 1×1 na ida.

Foi a 1ª vitória do Vila Nova fora de casa na Copa na edição 2020.

O time candango perdeu sua invencibilidade na competição.

Foi a 2ª eliminação do Vila Nova em decisão por pênaltis na temporada 2020. A 1ª foi para a Ponte Preta na Copa do Brasil.

  •