Na tarde de ontem,  terça-feira (02), manifestantes tomaram as ruas da capital do Amazonas (AM) em defesa da Democracia e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Durante a marcha, palavras de ordem contra o fascismo e a favor da Amazônia deram o tom do protesto.

O estudante universitário Abraão Leite, segurava uma placa pedindo a saída do presidente da República e disse que decidiu participar do manifesto por sentir-se insatisfeito com os movimentos antidemocráticos que segundo ele mascaram uma política que oprime as minorias. “Eu acredito que é fazendo esse tipo de movimento que nós iremos fazer a diferença”, afirmou o estudante à Band Amazônia.