Negro, democrata, antifascista,  Emerson enfrentou sozinho uma horda fascista na Avenida Paulista.

Militante anti-racista e anti-fascista, Emerson Oscasco foi à Avenida Paulista protestar contra o racismo estrutural, que todos os dias faz vítimas nas favelas e nas periferias das grandes cidades no Brasil e nos EUA.

“No momento atual, o vírus mais perigoso é o vírus da ditadura, o vírus do fascismo. Não vamos recuar e não vamos nos calar”, disse.

Emerson Osasco, fez o discurso ontem, na Avenida Paulista, enfrentando sozinho uma horda de fascistas , com uma camisa em homenagem a Malcom X, líder negro norte-americano.

“Jamais aceitaremos e não vamos nos calar, o Brasil passa por um momento muito difícil mas tenho fé no povo Brasileiro, unidos venceremos, por que #SomosFeitosDeLuta #Antifascista #NoRacism #SomosDemocracia”, afirmou ainda Emerson.

Confira seu vídeo e algumas reações:

 

No seu twitter, Emerson desabafou:

Sou eu nesse vídeos, confesso que foi difícil, fui chutado, esmurrado, cuspido passei pelas coisas mais baixas e covardes. Mas eu tinha quem mostrar pro mundo que são essas pessoas e o que elas querem.Tô furioso mas feliz por ter contribuído de alguma forma.🙏🏾