Presidente da CPI da Covid, o senador Omar Aziz )PSD-AM) dá voz de prisão ao ex-diretor do Ministério da Saúde Roberto Dias por mentir à CPI, após os áudios do celular de Dominghetti apontarem que o encontro entre os dois não foi acidental.

Durante o depoimento, opresidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias “recebeu ordens da Casa Civil por email” para “atender pedidos”. Ele também disse que o depoente fez um dossiê para se proteger e sabe onde se encontra esse documento. Dias negou todas as acusações.

Na sequência,  Omar Aziz, deu voz de prisão contra Roberto Dias.

“Ele vai ser recolhido agora pela polícia. Ele está mentindo desde de manhã. O senhor está detido pela presidência da CPI”, declarou Aziz.

Confira:

Com informação da Agência Senado, DCM e Brasil247

 

Leia o resumo do depoimento clicando AQUI

VÍDEO: “Membros do lado podre das Forças Armadas estão envolvidos com falcatrua no Governo”, diz Aziz