Reitor da Universidade Federal de Goiás aciona PF e PM-GO para apurar autoria das ameaças.

 

O reitor da UFG,  professor Edward Madureira acionou a Policia Federal e a Polícia Militar de Goiás para apurar autoria de ameaça de atentado à instituição, que foi enviado via email. Em nota à imprensa e a comunidade estudantil, a reitoria reafirma o caráter democrático da univesidade:

A UFG reitera o seu compromisso com os princípios democráticos, a liberdade de expressão, a diversidade cultural e o pluralismo de ideias, valores basilares da Constituição Federal e da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e repudia quaisquer formas de violência, discriminação e exclusão social.

Veja abaixo a integra da nota:

Nota UFG:

Universidade Federal de Goiás recebeu no dia de hoje, via e-mail, mensagem contendo ameaças de atentado na instituição. Em face disso, a Reitoria da UFG acionou, preventivamente, as Polícias Federal e Militar e, ainda, reforçou sua segurança interna.

A UFG adotou essas medidas com o objetivo de proporcionar a manutenção de todas as atividades com segurança e tranquilidade, preservando a integridade física da comunidade universitária.

A Reitoria reitera o seu compromisso com os princípios democráticos, a liberdade de expressão, a diversidade cultural e o pluralismo de ideias, valores basilares da Constituição Federal e da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e repudia quaisquer formas de violência, discriminação e exclusão social.

 

Reitoria da UFG

Fonte: Secom/UFG