Fernando Brito, no seu Tijolaço,  afirma que graças  ao STF, “o Brasil escapa – com danos, é verdade – da crise provocada pela negativa da Petrobras em vender combustível para dois cargueiros iranianos que o aguardam, há quase dois meses, para zarpar com destino àquele país.

Brito ressalta que oministro Dias Toffoli, determinou que não existe razão legal para negar suprimento a navios que transportam milho – alimento, portanto – em razão de ameaças de sanções americanas.

É claro que, depois do incidente (e do prejuízo que significa não só a carga, mas as embarcações paradas), os iranianos vão preferir fornecedores que não os sujeitem a isso.

Como confirmou o próprio senhor Jair Bolsonaro, não fomos impedidos pelos EUA de abastecer os navios, apenas “estamos alinhados a eles”.

A decisão do Supremo diminui, mas não apaga a vergonha, registra.

 

Para ver a íntegra no Tijolaço clique AQUI