A Polícia Militar do Piauí está atuando com drones nas fiscalizações do cumprimento das normas estabelecidas de fechamento

Ao lado das Vigilância Sanitária estadual e dos municípios, equipes da PM fiscalizado e notificado estabelecimentos que descumprem as medidas restritivas. O uso da tecnologia também é uma aliada: drones serão colocados nas ruas para facilitar a fiscalização.

De acordo com a Gerência de Vigilância Sanitária (Gevisa), ao todo, as equipes realizaram 23 notificações e autuações. A Polícia Militar, por sua vez, lavrou oito termos circunstanciado de ocorrência por descumprimento de medida sanitária e perturbação do sossego. No município de Santa Filomena, foi localizada uma loja de conveniência que estava funcionando após o horário permitido, com aglomeração de pessoas sem máscaras e ingestão de bebida alcoólica.

Na noite de quarta-feira (24), em Teresina, a Operação teve início às 21h com orientações a proprietários de estabelecimentos nas áreas do 5º BPM, 8º BPM, 6º BPM e 13º BPM e ocorreu em toda região metropolitana.

Nos dois primeiros dias da operação, 2.512 pessoas foram abordadas e orientadas; 1.492 veículos foram abordados e 632 estabelecimentos foram fechados.

Segundo o capitão Charles Castelo, a PM atua em conjunto com outros órgãos a fim de garantir o cumprimento do decreto. “A Polícia Militar está trabalhando e dando apoio à Vigilância Sanitária, tanto do estado, quanto dos municípios. Costumamos realizar essas operações apoiando os fiscais no que for necessário. Aqueles estabelecimentos que estão em desacordo com os decretos estadual e municipal estão sendo notificados”, declarou.