Goiana de Morrinhos, Procuradora Geral da República discute a participação dos tribunais de contas no combate à corrupção.

O TCM-GO (Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás) promove nesta segunda-feira, 27/05, palestras especiais  no encerramento dos Encontros Regionais realizados neste ano.

O evento tem início à partir das 13h, no auditório Lago Azul do Centro de Convenções de Goiânia. O ponto alto será o seminário “Diálogos”, que terá palestras da Procuradora-Geral da República – Raquel Dodge,  do psicólogo e escritor Rossandro Klinjey e do presidente da Associação dos Tribunais de Contas (ATRICON) – conselheiro Fábio Nogueira (TCE/PB).

Palestras

Às 14h30 terá início a primeira palestra com o tema “Controle externo contemporâneo além da conformidade”, proferida pelo presidente da ATRICON, Fábio Nogueira.

Às 15h15 a Procuradora-Geral da República – Raquel Dodge inicia palestra sobre a “Análise do cenário político atual: Ministério Público e tribunais de contas no combate à corrupção”.

Às 16h15 começa a palestra “Crescendo como profissional: autoestima, inteligência emocional e consciência coletiva no serviço público”, com o psicólogo clínico e escritor Rossandro Klinjey.

Encontros Regionais

Os Encontros Regionais do TCMGO foram realizados em 6 cidades: Iporá, Campos Belos, Águas Lindas, Rubiataba, Edéia, Morrinhos e, finalmente, Goiânia. O evento da próxima segunda-feira marca também a realização do Encontro na capital, com capacitação de gestores e legisladores da 1ª Região (Goiânia, Abadia de Goiás, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bonfinópolis, Caldazinha, Campestre, Goianápolis, Goianira, Guapó, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde, Santa Bárbara, Senador Canedo, Santo Antônio de Goiás, Terezópolis e Trindade).

Este ano o tema foi “Pela efetividade das políticas públicas” e a capacitação oferecida abordou temas como transparência, políticas públicas de educação, Lei de Acesso à Informação (LAI), operação da plataforma COLARE, Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), análise de editais de licitações e obras e serviços de engenharia, gestão de pessoal, monitoramento das contas de governo e PNE (Programa Nacional de Educação). Mais de 1.200 pessoas, de todos os municípios goianos, tiveram acesso à qualificação.