Preocupada com causas sociais, a atriz Taís Araújo doou o valor integral do cachê que receberia do Banco Votorantim pela campanha “Leve a Sério”, para projeto que beneficia 17 pessoas.

Segundo informações do jornal Extra, a atriz decidiu reverter o dinheiro que ganharia para mães de um projeto da CUFA (Central Única de Favelas).

A campanha visa arrecadar mais recursos para iniciativas de combate à pandemia do Covid-19 no Brasil. A pedido de Taís, além do cachê o banco doou mais uma quantia para fechar R$ 1 milhão doados. Com isso, os recursos serão destinados para 4.161 cartões alimentação de R$ 240, que beneficiarão mais de 17 mil pessoas em todo o Brasil.

“O momento requer ajuda a quem mais precisa. É uma campanha sobre solidariedade e união entre as pessoas”, disse a global.

Envolvida diretamente na pandemia do coronavírus, por ter uma irmã médica atuante em Brasília, a atriz aproveita suas redes sociais para homenagear os profissionais que enfrentam a pandemia do COVID-19.

“Essa aí de óculos é minha irmã, doutora Claudia Araujo Bottino, ginecologista e obstetra. Tem um consultório em Brasília e também trabalha no SUS, num hospital público, na capital do nosso País. Ela, junto com todos os médicos, enfermeiros, os profissionais da limpeza e todos os que atendem aos hospitais, está no front, combatendo a pandemia de frente”, escreveu na legenda.

“Deixo aqui meu respeito aos profissionais que estão nas ruas, seja nos mercados, nas farmácias, no volante, nas entregas, na segurança, nos hospitais. Deixo meu respeito aos garis, aos jornalistas. Deixo meu respeito a quem está no corre e não pode parar”, completou.