O cantor sertanejo Gusttavo Lima postou na manhã deste sábado (16) em suas redes sociais uma imagem de um Boeing carregado com 150 cilindros de oxigênio doados, com destino a capital do Amazonas

De acordo com o Gustavo foram embarcados 150 cilindros.

“Carga feita… Um Boeing lotado de OXIGÊNIO com destino a Manaus!!!”, escreveu Lima em publicação em sua conta no Twitter neste sábado. Na sexta, o artista já havia informado aos seguidores que estava fazendo os arranjos para o envio da carga.

Outros famosos também contribuíram para a corrente de solidariedade à população de Manaus, que sofre com os efeitos da segunda onda da pandemia de covid-19.

O humorista Whindersson Nunes usou seu Twitter, na noite de quinta-feira (14), para anunciar que estava providenciando a compra e envio de cilindros de oxigênio para hospitais de Manaus.

Além dele e de Marcelo Adnet, nomes como  o humorista Tirullipa, a atriz e apresentadora Tata Werneck, as cantoras sertanejas Simone e Marília Mendonçae o cantor Tierry também entraram na corrente do bem para ajudar a região. Gusttavo Lima garantiu a compra de 150 cilindros.

A capital amazonense entrou em colapso em meio à pandemia do novo coronavírus por conta do aumento sem precedentes de pacientes infectados pela Covid-19. Muitos deles estão morrendo por falta de oxigênio.

Enquanto artistas se unem para salvar vidas em Manaus, o presidente Jair Bolsonaro deu declaração à imprensa dizendo que “fez tudo que podia” pelo Amazonas.

Após o sistema de saúde de Manaus colapsar na quinta-feira (14), deixando pacientes sem oxigênio, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo federal “fez sua parte”. A declaração foi dada a apoiadores na entrada do Palácio do Planalto, e foi transmitida ao vivo por sites aliados ao presidente. Na noite de ontem, o presidente disse em uma live que Manaus “tem gente morrendo no canto do hospital como se tivesse afogada”.

Com informações da Revista Quem, Revista Exame e CNN