Na espontânea, Vanderlan registra 20%, Maguito, 13,5% e Adriana 8,3%. Nanicos tiveram alta e deputados candidatos, baixa.

O jornal O Popular divulgou hoje mais uma rodada da pesquisa Serpes. No levantamento, o senador Vanderlan Cardoso (PSD) oscilou positivamente 4 pontos percentuais, passando de 22,3% para 26,3%; o ex-prefeito Maguito Vilela (MDB) também avançou quatro pontos, passando de 13,3% para 17,3% e a Delegada Adriana Accorsi (PT), oscilou de 13% para 12,5%, mantendo-se praticamente na mesma posição.

Pesquisa mostra Maguito (13,6%), Adriana (13,3%) com índices similares de rejeição e Vanderlan com 7,3%. Senador tem vantagem num eventual segundo turno

A pesquisa foi realizada entre os dia 13 a 15 de outubro, e portanto, não teve impacto com a polêmica declaração de apoio de Vanderlan Cardoso ao senador Chico Rodrigues (DEM-RR), pego com o dinheiro na cueca numa operação da Policia Federal.

Outros candidatos oscilaram negativamente. O deputado estadual Alysson Lima (SD), tinha 4,7% e ficou com 4%; o deputado federal Elias Vaz (PSB), saiu de 4,8% para 3,8%.  Já o deputado Major Araújo (PSL) subiu de 1,7% para 2,5%, assim como Antônio Neto (PCB), de 1% para 1,7%; Virmondes Cruvinel (Cidadania) tinha 1,3% e passou a 2% e Samuel Almeida (PROS) de 0,3% para 0,7%. Manu Jacob (PSOL) subiu de 0,2% para 0,7%. Continuaram com 0,3% os deputaos Talles Barreto (PSDB) e Cristiano Cunha (PV). Fábio Júnior (UP) oscilou de 0,2% para 0,3% e Vinícius Gomes (PCO) manteve 0,2%.

Na estimula o número de indecisos é de 21%, na espontânea, 38,9%. Votos nulos/brancos na estimulada são 11% e na espontânea, 8,9%.

Metodologia

A pesquisa entrevistou 601 eleitores entre 13 a 15 de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança de 95%. O levantamento, encomendado pela J. Câmara e Irmãos S/A-O Popular está registrada no TRE sob o protocolo nº GO-03304/2020 no dia 10/10/2020.

 

Leia mais sobre a pesquisa no site de O Popular