A Secretaria de Meio Ambiente de Aparecida (Semma) realizou na quinta-feira, 07, uma fiscalização em uma granja de ovos, nas imediações do Loteamento Buenos Aires. No local os fiscais constataram irregularidades no manejo e despejo dos resíduos dos animais.

De acordo com a SEMMA, o depósito de material fecal de mais de 120 mil aves estava irregular, bem como o manejo e tratamento do esterco, o que tem ocasionado mau cheiro na região. O órgão de fiscalização determinou a retirada do depósito de fezes da área em razão do dano ambiental.

“Recebemos a denúncia de que uma granja estava descartando esterco em local indevido, diretamente no solo e, com as chuvas, todo o resíduo escorreu para as chácaras vizinhas. E ao vir averiguar a denúncia, constatamos realmente uma situação de mau cheiro e danos ao meio ambiente”, explicou a coordenadora de Fiscalização da Semma, Cida Braga.

A fiscal esclareceu que as primeiras providências já foram tomadas pelos agentes como a notificação direta da empresa para que faça as adequações necessárias e resolva as irregularidades apontadas.

O proprietário da granja foi localizado pelos fiscais e reconheceu o descumprimento de medidas de preservação ambiental. Ele afirmou que irá buscar uma solução para o problema, como a construção adequada de um depósito para o tratamento dos resíduos.

A granja foi notificada pela equipe de fiscalização e será autuada por descumprir normas da licença ambiental. A Semma também estabeleceu prazo de 30 dias para o proprietário regularizar a situação. Se a empresa não cumprir as determinações do órgão, a empresa será interditada pela Semma.

Para denuncias de irregularidades e depredação ao meio ambiente, a população pode acionar a Central de Atendimento da Semma, que funciona 24h, pelos telefones 3238-7216 e 3238-7217 ou enviar vídeos e mensagem de texto para WhatsApp Denúncia: 98459-1661.