Preços dispararam após o fim da política de descontos para famílias de baixa renda adotada durante os governos de Lula e Dilma.