A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria de Saúde (SMS), entregou na quarta-feira (30/12), às 8 horas, o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas, IPÊ (CAPS AD III Ipê).

O Centro, que antes se localizava no setor Leste Universitário e atendia apenas na modalidade II, ou seja, que funcionava apenas durante o dia, de segunda a sexta-feira, passará a atender na modalidade III, com funcionamento 24 horas por dia e atendimento integral às pessoas em situação de rua.

Vanete Rezende, 51 anos, é uma das pessoas atendidas no Caps. Além do álcool, ela era dependente de várias outras drogas; Há quase quatro anos, está limpa. “O Caps é tudo na minha vida, hoje sou aceita pela minha família porque não bebo nem uso mais drogas. O pessoal daqui salvou minha vida”, comemora.

A nova sede do CAPS AD III Ipê, no Setor Negrão de Lima, foi completamente reformada e adequada com servidores e equipamentos para o atendimento noturno. O atendimento será por demanda espontânea, ou seja, o usuário que buscar a unidade será atendido através de acolhimento.

“Esse incremento é de suma importância para a população e para o município como um todo, pois aumentará a cobertura de atendimento em saúde mental para pessoas com transtornos decorrentes do uso de álcool e outras drogas. O atendimento 24h vai garantir uma maior facilidade de acesso a esse serviço especializado, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde,” afirma a secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué.

A diretora de Redes Temáticas da SMS, Sônia Aparecida de Souza, destaca o atendimento que será oferecido pelo novo Caps. “Essa unidade vai oferecer consultas médicas, atendimento de enfermagem, psicologia, serviço social, musicoterapia, educação física, arte terapia, terapia ocupacional. Também contará com atendimentos domiciliares, e trabalho em rede intrassetorial e intersetorial”, esclarece.