Por determinação do prefeito Rogerio Cruz, os secretários municipais que atuam nas áreas de cidadania e direitos humanos se reuniram nesta sexta-feira (19/3) em videoconferência para alinhar a atuação conjunta em projetos de interesse de mais de uma pasta na Prefeitura de Goiânia. O secretário Euler Morais, de Relações Institucionais, orientou os titulares das secretarias a trabalharem em parceria na elaboração de propostas a serem apresentadas aos ministérios em Brasília.

Com o intuito de preparar uma cartilha de propostas de captação de recursos que possa ser levada às mais diversas áreas governo federal pelo prefeito Rogério Cruz, o titular da SRI se reuniu com os secretários Tatiana Lemos (Políticas para as Mulheres), Carlos Júnior (Desenvolvimento e Economia Criativa), Filemon Pereira (Direitos Humanos e Políticas Afirmativas), Álvaro Camargo (Esportes), José Antônio Netto (Desenvolvimento Humano e Social) e o presidente da Agência Goiana de Turismo, Eventos e Lazer, Valdery Júnior, por videoconferência.

O secretário Euler Morais explicou que a função da pasta de Relações Institucionais é fazer o relacionamento com os ministérios, verificar os recursos disponíveis e articular com as demais secretarias municipais quais são os projetos que têm condições de pleitear verba, por meio de emendas parlamentares ou convênios. Fica a cargo da SRI a orientação técnica na elaboração das propostas, o acompanhamento do trabalho de execução do recurso e a prestação de contas das obras e ações realizadas pela gestão municipal.

Apoio técnico
Na videoconferência, os técnicos da Secretaria de Relações Institucionais auxiliaram os titulares das outras pastas a direcionarem os esforços da elaboração de projetos para captação de recursos nas ações disponíveis nos programas do governo federal voltados para as áreas de atuação das secretarias.

O diretor de Convênio e Contratos da SRI, Emanuel Araújo Muniz, apresentou uma cartilha elaborada aos membros da gestão do prefeito Rogério Cruz com as propostas disponíveis nos setores de cidadania e direitos humanos na União.

Entre os projetos que a Prefeitura de Goiânia negocia está a liberação de recursos do Ministério da Cidadania para a construção do velódromo, com previsão de R$ 3,5 milhões para a realização da obra.

Entre outras ações pleiteadas junto ao governo federal estão recursos da ordem de R$ 10 milhões para edificação de praças esportivas na capital goiana. Eles entraram na pauta como exemplos das iniciativas de projetos apresentados ao governo federal.

Facilitadora de projetos
O secretário executivo da SRI, Ariel Viveiros, destacou que a pasta atua como facilitadora dos projetos desenvolvidos por outras secretarias. “A equipe da Secretaria de Relações Institucionais está à disposição para auxiliar secretarias na elaboração e adaptação das propostas”, disse.

O titular da SRI, secretário Euler Morais, reforçou a ideia de que a gestão municipal oriente seus técnicos a trabalharem em conjunto na construção dos projetos que tenham áreas de interesse parecidas na hora de buscar recursos nos ministérios.

Já o chefe do Gabinete de Prospecção de Recursos e Gestão Integrada, Vanderlei de Carvalho Júnior, ressaltou a necessidade de se ter agilidade entre o momento da solicitação do recurso e a apresentação do projeto. “Não podemos perder prazos de incluir o projeto no sistema, o que pode representar uma oportunidade perdida de captar recurso”, observa Vanderlei Júnior.

As reuniões com outras secretarias, por áreas temáticas da prefeitura, serão realizadas semanalmente para fortalecer a atuação conjunta das pastas da gestão Rogério Cruz. “O mais importante é o contato inicial com os ministérios para elencar ações que Goiânia têm condições de realizar com os recursos disponíveis em Brasília”, pontua Euler.