O delegado  Rodney Miranda, que assume no próximo ano a SSP (Secretaria de Segurança Pública), apresentou ontem os nomes dos novos comandantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Para liderar a PM, foi indicado o Coronel Renato Brum dos Santos, o Corpo de Bombeiros Militar será comandado pelo Coronel Dewislon Adelino Mateus. “Fizemos várias consultas e conversamos com muitas pessoas com o intuito de buscar um perfil operacional, que exercesse bom controle para a tropa. Temos muitas pessoas qualificadas na corporação e optamos por nomes que agregam essas características e apresentam também a capacidade de gestão que vão exercer a frente das suas corporações”, explicou Rodney sobre o critério de escolha dos comandantes. O evento aconteceu no Hotel Hilton Garden, em Goiânia.
Questionado sobre o aumento do efetivo tanto da PM, quanto do Corpo de Bombeiros, o secretário Rodney Miranda explicou que pretende trabalhar em duas frentes. “Vamos promover a reestruturação das corporações, buscando profissionais que hoje ocupam funções administrativas para exercerem seu trabalho nas ruas. Buscaremos obsessivamente a ampliação do número de policiais e bombeiros nas ruas promovendo o trabalho de enfrentamento e prevenção”, garantiu o Secretário.
Rodney Miranda classificou o sistema prisional como uma das maiores deficiências do Estado e assegurou que o trabalho a partir de janeiro buscará a reestruturação do sistema, através da aceleração de obras em andamento, a separação de presos por grau de periculosidade e a busca de apoio do Governo Federal. De acordo com o Secretário, o governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) já abriu diversas frentes de conversas com o futuro presidente. “Vamos trabalhar com firmeza para que essa fase de insegurança seja superada e possamos trazer tranquilidade e paz para as famílias goianas”, finalizou.
O vice-governador eleito, Lincoln Tejota foi enfático ao afirmar que o objetivo da nova equipe de segurança pública é resgatar a sensação de segurança da população. “Não dá para responder ataques de bala com flores, a polícia terá retaguarda do governo para atuar de forma profissional e eficiente, para dar respostas a sociedade. O novo comandante já deixou claro, enquanto estivermos à frente do governo, bandido não faz fama e nem nome em Goiás”, assegurou o deputado.
O secretário Rodney Miranda apresentou também o nome do Coronel Newton Nery De Castilho, para comandar a Secretaria da Casa Militar, e do Coronel André Henrique Avelar de Sousa, apresentado como o novo Subcomandante geral da Polícia Militar.
Quem são os novos comandantes da PM e Bombeiros:
Coronel Renato Brum dos Santos – Comandante Geral da Polícia Militar
Ingressou na Polícia Militar do Estado de Goiás em 1991, 45 anos, casado, pai de 3 filhos, nascido em Goiânia, atualmente com 27 anos de serviço. Atualmente Comandante do 2º COMANDO REGIONAL DA POLÍCIA MILITAR (Aparecida de Goiânia).
ATIVIDADES PROFISSIONAIS EXERCIDAS: · Comandante da 2ª CIA do 8º BPM; · Oficial Comandante de Equipe – ROTAM Comando; · Chefe do Centro Penitenciário Odenir Guimarães (POG); · Subcomandante do Batalhão de Rondas Ostensivas Metropolitanas – ROTAM; · Comandante do Centro de Formação de Oficiais; · Comandante do Centro de Formação de Praças; · Subcomandante do Batalhão de Choque; · Comandante do 31º Batalhão da Polícia Militar; · Comandante da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar; · Comandante do Centro de Operações da Polícia Militar de Aparecida de Goiânia – COPOM; · Comandante da 41º Batalhão da Polícia Militar; · Comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar; · Comandante do Batalhão de Rondas Ostensivas Metropolitanas – ROTAM (2 vezes);
Coronel Newton Nery De Castilho – Secretário Chefe da casa Militar
Bacharel em direito, nascido em Goiânia, tem 46 anos. É especialista em segurança pública, tem 27 anos de Polícia Militar, ex-comandante da Rotam, ex-superintendente diretor geral penitenciário, ex-sub-secretário de segurança pública. Atualmente está à frente do terceiro Comando Regional de Polícia Militar (Com Sede em Anápolis).
Coronel Dewislon Adelino Mateus – Comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar
Formado em engenharia de segurança e gestão pública, especialista em operações em altura, realizado no corpo de Bombeiros de São Paulo, e operações em montanhas, realizado no exército brasileiro, 44 anos, 27 anos de serviços no Corpo de Bombeiros. Ex-comandante da capital, ex-comandante do 3 Comando Regional sediado em Anápolis e atualmente ocupava a função de Comandante de Apoio Logístico da corporação.
Coronel André Henrique Avelar de Sousa – Subcomandante geral da Polícia Militar
Bacharel em Direito, nascido em Goiânia, 47 anos, 28 anos de PM, Especialista em Segurança Pública, Curso do Grupo Especial de Operações na Espanha.
Comando: Ex-comandante da 15 CIPM, foi sub-comandante da Rotam e Comandante da Companhia de Choque, exerceu a função de sub-comandante do Batalhão de Choque e Comandante do Tático Operacional Rodoviário, Ex-Comandante do COD, Ex-assistente PM na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás e atualmente Chefe do Estado Maior Estratégico.