O registro foi feito por Moisés Mendes , no seu blog. O veterano jornalista diz que a juventude tomou a frente dos protestos que cobram vacina e auxílio às famílias paraguaias que passam privações na pandemia.

ELES FORAM ÀS RUAS

Aconteceu o que a direita no poder não esperava. O povo foi às ruas contra o desprezo do governo no combate à pandemia e derrubou o ministro da Saúde.

O país está de novo em fúria. O próximo passo é derrubar o presidente. Eles dizem que vão derrubar.

No Paraguai.

Milhares de jovens tomaram as ruas de Assunção ontem à noite e continuam em vigília.

É assim. As coisas acontecem no Chile, em Mianmar, na Bielorrússia, em Hong Kong, no Paraguai.

E aqui? Aqui os governadores uma hora vão resolver tudo e comprar as vacinas. Todos os dias eles ameaçam comprar as vacinas.

Agora, até Bolsonaro diz que vai comprar vacinas, depois de ter comprado o centrão.

Mas o único Bolsonaro que compra alguma coisa hoje é Flávio.

 

Leia também:

Paraguai entra em convulsão contra gestão da pandemia