Para o senador Renan Calheiros (MDB-AL), o objetivo de Deltan Dallagnol com a investigação clandestina contra o ministro Dias Toffoli era chantegar o STF contra o ex-presidente Lula:

Nova reportagem da série Vaza Jato revela que procurador ignorou limites da Constituição e incentivou colegas a vasculhar as finanças do juiz, em busca de algum vínculo com empresa denunciada na Lava Jato.

“A chantagem de @deltanmd e cia aos ministros era para desencorajá-los a ser juízes. Sempre que magistrados iriam decidir casos como @LulaOficial, as monstruosidades voltavam. Até quando isso vai ficar impune? Eles precisam sair da Procuradoria, não só da Lava-Jato”, disse Renan.