Grupo de trabalho inicia atividades na semana que vem e terá a missão de agilizar a situação de imóveis que são de responsabilidade do Estado. Dando prosseguimento ao Programa Municipal Primeira Escritura, terá foco em áreas localizadas no Conjunto Vera Cruz, no Jardim Europa, no Bairro Anhanguera e no Setor Sul.

A Prefeitura de Goiânia e o Governo de Goiás constituíram um grupo de trabalho visando a regularização fundiária de imóveis na capital que são de responsabilidade do Estado. A criação do grupo foi proposta pelo secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Agenor Mariano, durante reunião realizada na tarde desta quarta-feira (17/2), com o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Lucas Fernandes Andrade, e técnicos da agência.

As atividades do grupo de trabalho terão início na próxima segunda-feira (22/2) e terão como foco a regularização fundiária de áreas localizadas no Conjunto Vera Cruz, no Jardim Europa, no Bairro Anhanguera e no Setor Sul.

“A determinação do Prefeito Rogério Cruz é para darmos continuidade ao Programa Primeira Escritura, que já beneficiou cerca de seis mil famílias na capital. Essa parceria com a Agehab permitirá que mais famílias da capital sejam beneficiadas pelo programa e possam ter acesso às escrituras dos seus imóveis”, ressaltou o secretário Agenor Mariano.

De acordo com o presidente da Agehab, a ideia é usar a experiência do município com as regularizações realizadas pelo Programa Primeira Escritura e buscar celeridade para questões envolvendo a regularização desses imóveis, que são pertinentes à administração municipal. “O Governo de Goiás e a Prefeitura de Goiânia sempre foram parceiros de gestão, sobretudo no que diz respeito à área de habitação, regularizando os imóveis sob responsabilidade do Estado, vamos permitir que seus proprietários possam ter acesso às escrituras”, afirmou Lucas Fernandes.