O presidente da Rússia Vladimir Putin deu instruções para se começar a vacinação em grande escala contra a COVID-19 na próxima semana.

Do Sputnik

 

O presidente da Rússia Vladimir Putin requereu à vice-primeira-ministra, Tatiana Golikova, para se começar a vacinação em grande escala contra o coronvírus na próxima semana durante uma videoconferência dedicada à inauguração de centros médicos multifuncionais do Ministério da Defesa da Rússia.

O presidente comentou que anteriormente tinha discutido com a vice-primeira-ministra e o primeiro-ministro da Rússia, Mikhail Mishustin, os ritmos de produção da vacina contra o coronavírus.

Vice-primeira-ministra afirmou que na próxima semana estarão terminados todos os trabalhos de preparação do início de vacinação contra o coronavírus.

Putin destacou que entende que todas as medidas de precaução devem ser tomadas.

A produção da vacina contra COVID-19 atingirá dois milhões de doses nos próximos dias, declarou Putin.

“Sei que mais de dois milhões de doses já foram produzidas ou serão produzidas nos próximos dias, será este o nível atingido na produção da primeira vacina registrada contra o coronavírus Sputnik V“, disse o presidente da Rússia.

A vacinação começará com grupos de risco, em que estão os médicos e professores, destacou Putin.

Putin sublinhou várias vezes que a vacinação será gratuita e voluntária. As vacinas russas contra COVID-19 não serão vendidas no varejo.