Advogado e empresário  Dumar Prado faz oposição à administração municipal e foi ameaçado por apresentar documentos que indicam possíveis irregularidades na gestão da prefeita e do secretário de administração.

Marcus Vinícius

Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores em Goiás, o advogado e empresário Dumar Prado teve sua residência invadida no dia 20 último. Ele fez o registro de ocorrência na Delegacia de Alvorada do Norte, onde reside e é presidente do PT  no município.

Dumar, que já foi candidato a prefeito,hoje é um dos líderes da oposição à administração da prefeita Iolanda Holiceni (PSDB). No ano passado, a oposição, através do vereador Kleber Cebinho (SD), ofereceu denúncias ao ao Ministério Público de Goiás (MP-GO) sobre os gastos com diárias. A jornalista Fabiana Pulcinelli, de O Popular, registrou o caso na matéria publicada no dia 08/07/2018 sob o título: “Gastos com diárias em Alvorada do Norte supera R$ 145 mil”.

Pulcineli registra:

“Às 11 horas da última sexta-feira (6(, um funcionário atende o telefone geral da Prefeitura de Alavorada do Norte e avisa: “Não tem ninguém no gabinete da prefeita; está todo mundo viajando desde ontem”. As viagens tem sido uma constante na adminisrração do município, de 8.645 habitantes, no Nordeste goiano; a prefeita Iolanda Holiceni Moreira dos Santos  (PSDB), e três parentes dela que ocupam cargos em secretarias, receberam R$ 145.770,00 em diárias em 2017”, frisa.

Gastos com diárias em Alvorada do Norte. Fonte: Portal da Transparência do TCM. Infográfico O Popular

Ainda, de acordo com a matéria, “a prefeita da cidade gastou R$ 92,5 mil com as viagens, o que reprewsenta seis vezes o salário da chefe do Executivo, de R$ 14 mil. O gasto é mais que o dobro da despesa registrada com diárias pelo antecessor de Iolanda, o ex-prefeito David Morera de Carvalho (PSDB), que gastou R$ 34,5 mil”, aponta.  Os dados estão no Portal da Transparência do Cidadao do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Iolanda Holiceni é nora do deputado estadual Iso Moreira (DEM)  e esposa do ex-prefeito Alessandro Moreira (PSDB).

Ainda segundo a reportagem de O Popular, a irmã da prefeita, Adezândela Holiceni, era, a época, secretária de Assistência Social e Trabalho e recebeu R$ 13,5 mil com viagens em 2017. Célio Alves Dourado, primo do marido da prefeita, então chefe da Tesouraria da Secretaria de Finanças, teve R$b 10,27 mil em gastos com diárias em 2017.

Outro lado

Em resposta à reportagem, a prefeita esclareceu naquela ocasião que precisou viajar mais porque o orçamento do município caiu muito no ano passado (2017) e por isso foi necessário buscar recursos no Estado e na União. “Com a crise o recurso diminuiu muito e estamos correndo atrás de benfeitorias para o município. É tempo de vagas magras”, frisou.

Invasão e ameças

Dumar Prado afirma que no dia 20 de setembro entraram na sua casa, arrob aam a porta, reviraram todo o seu quarto, mas não levaram nada. Ele informa que na ocasião estava viajando e quando recebeu ligação do marido de sua empregada de sua casa informando do ocorrido.  Dumar Prado conta que assim que chegou em sua residência verificou que o invasor arrebentou a fechadura da porta e foi direto para o seu quarto, porém não levou nada, embora uma quantia de R$ 400,00 estivesse disposta em sua cama, além de eletrodomésticos, como televisão, rádio e outros, que também não foram tocados.

À polícia, Dumar Prado relatou que participa do grupo de Whatssap “Fala Alvorada”, onde são feitas críticas à administração publica do município. Ele narra no Boletim de Ocorrência que ,” no dia 10 de setembro último, o sr. Isaac Ramos, também participante da comunidade mandou um amensagem no  grupo o ameaçando,dizendo da seguinte forma: Eu não tenho que te dar explicação senhor Dumar, você não é homem, é  perca tempo, agora prepara o lombo”.

No seu depoimento, Dumar diz que não tem certeza, e nem pode declarar, mas a ameaça que recebeu no grupo, e a ameaça que recebeu do sr. Isaac e a pessoa que entrou na sua casa podem ter alguma ligação. De acordo com a narrativa descrita pelo escrião, “o declarante descreve que  recentemente teve um bate-boca com o próprio Isaac dentro deste mesmo grupo e ele (declarante) disse que o que ele posta está embasado em documentos que e que pode provar as denúncias contra a administração do município”, frisa.

Finalizando, Dumar disse em seu depoimento que “Isaac sempre vai em defesa da administração, mas democracia éassim, cada um pode expressar o que pensa”. O que o deixou preocupado foi que a conversa partiu para um tom mais áspero, onde acabou recebendo a ameaça e depois, a invasão de sua casa.

O escrivão Antônio, da Delegacia de Alvorada do Norte diz que o delegado deve  apurar as causas da invasão  e nos próximos dias tomar o depoimento do suposto envolvido em ameças.

 

Link para matéria de O Popular

https://www.opopular.com.br/noticias/politica/gasto-com-di%C3%A1rias-em-alvorada-do-norte-supera-os-r-145-mil-1.1569074#article_1_1569074