Barreiras sanitárias iniciam às 7h30 de quinta, 24, com solenidade no Portal da Fé.


Autoridades municipais, estaduais e religiosas, todas envolvidas na organização da Romaria do Divino Pai Eterno, cujo calendário inicia na sexta-feira, 25, reforçam a relevância das medidas de restrição adotadas pela Prefeitura de Trindade. O objetivo das medidas conjuntas é evitar o avanço da pandemia de Covid 19, impedindo aglomerações e reforçando restrições sanitárias nos dez dias da festa.
Seis barreiras sanitárias já serão instaladas amanhã, quinta-feira, 24, antecipando as medidas de controle. As barreiras serão instaladas nas entradas: pelas GO-060, Portal da Fé, (onde haverá solenidade simbolizando o início das atividades, às 7h30, com os órgãos de fiscalização e policiamento); GO-465 vindo de Abadia de Goiás; GO-050, de Campestre de Goiás, na GO-060 vindo de Santa Bárbara de Goiás, e outras duas, nas proximidades da Basílica, no Santuário, e da Igreja Matriz de Trindade, no Centro da cidade.

As informações e esclarecimentos foram prestados durante entrevista coletiva hoje no gabinete do prefeito Marden Júnior, com as seguintes presenças: reitor da Basílica João Paulo dos Santos, o pároco da Igreja Matriz de Trindade, João Bosco de Deus; delegada Silvana Gomes da 16ª Regional da Polícia Civil; tenente-coronel Saliba do Comando da Polícia Militar em Trindade, Major Bispo do Batalhão Rodoviário, e Tenente Rejane, subcomandante do Corpo de Bombeiros em Trindade; além do secretário municipal de Saúde Rogério Taveira, representando o Gabinete de Operações de Emergência em Saúde (GOE-Covid), e outras autoridades municipais.
O objetivo comum de poupar vidas foi destacado pelo prefeito Marden Júnior, que considera a opção de acompanhar as celebrações da Romaria de forma virtual uma decisão sensata.

Ele citou as proibições e orientações que serão dadas a eventuais visitantes (leia abaixo) e enfatizou que, se preciso, as restrições podem ser endurecidas.
Romeiros que vierem sozinhos não terão impedimentos para entrar na cidade, mas serão desestimulados na estrada por policiais do Batalhão Rodoviário, e nas entradas, por uma fiscalização multisetorial em seis barreiras sanitárias. Isso, inclusive, porque a Basílica e as principais igrejas estarão fechadas, assim como os serviços de hospedagem.

Demais atividades comerciais também serão impactadas com limitação de funcionamento, de modo que visitantes não terão conforto e facilidades, visando desmotivar e até impedir a movimentação de pessoas. Para minimizar os impactos sobre as atividades econômicas que tradicionalmente lucram nesse período, o prefeito anunciou que está previsto um calendário anual a ser lançado em novembro, em parceria com a Igreja Católica, para potencializar atividades turísticas e as de turismo religioso que foram afetadas agora, e oferecer novas.

O reitor da Basílica, João Paulo dos Santos, também reforçou os reflexos do momento sobre a tradição de vir à Trindade nesse período. “Esperamos que as pessoas fiquem em casa, que elas façam de suas casas o Santuário Basílica”.

Confortando os fiéis que fizeram promessas, ele citou o Papa Francisco que orientou os católicos nessa situação a adiarem suas obrigações. “O melhor é que todos se cuidem. Dessa vez fazemos a contrapropaganda, porque não é o momento de vir a Trindade”, justificou, garantindo que celebrações tradicionais como a Procissão da Penitência, e outras procissões, não vão acontecer, mas serão representadas na expressividade das demais cerimônias – como missas, novenas, a novena solene, e terços -, que serão exclusivamente disponíveis por meio virtual nas redes sociais, TVs e rádios da congregação e nas redes sociais e site da prefeitura, o www.trindade.go.g ov.br.

Todas as autoridades policiais presentes confirmaram que haverá reforço de contingente e de viaturas em consonância com a previsão de menor público, mas exatamente para contribuir na garantia de que isso ocorra.

Proibições
O município de Trindade seguirá as proibições estabelecidas no decreto municipal 2.337/21, com base nas orientações do GOE-Covid 19, e também na recomendação 08/2021 do Ministério Público Estadual, expedida pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Goiás no dia 14 de junho. A realização de uma romaria virtual foi uma decisão conjunta, envolvendo a Prefeitura, o Governo do Estado e a Reitoria do Santuário Basílica.

A partir de sexta-feira, seis barreiras sanitárias serão instaladas pela prefeitura para o controle do fluxo e ações educativas. Excursões com romeiros ou turistas não poderão acessar a cidade e não haverá celebrações presenciais nas igrejas que estarão fechadas, a Basílica, a Igreja Matriz e a Igreja do Santíssimo Redentor (Padre Pelágio) assim como hotéis, pensões e similares.

Romeiros a pé que insistirem em acessar a cidade serão orientados de que o uso de máscaras e obrigatório, sob pena de multa, mas também aconselhados a encerrarem a caminhada no Portal da Fé, na entrada de Trindade, e retornar, porque a estrutura de serviços não estará totalmente à disposição.
Está proibida a entrada e a circulação de comitivas de carreiros, muladeiros, foliões, tropeiros, cavaleiros, passeio de ciclistas, assim como celebrações tipo missas, novenas, terços, procissões, vigílias e similares, que tenham a presença de público.

Comércio ambulante nas barracas e bancas de rua também está proibido este ano, assim como a realização da Feira da Terra que ocorreria aos domingos. Estão proibidos shows e outros eventos com ou sem som. Os veículos tipo “trenzinho” também não poderão circular.
Nos dez dias da Festa do Divino Pai Eterno, após as 18 horas, nas regiões 1 e 2 de Trindade, que somam 80 bairros, o comércio tipo bares, restaurantes, distribuidoras de bebidas, lanchonetes, açaiterias, pitdogs, pizzaria e similares somente poderá fornecer produtos no sistema pegue e leve (take away), drive thru e entrega (delivery). A multa para descumprimento varia entre R$ 73,00 e R$ 36.600, além de risco de interdição. As proibições valerão até 23h59 do dia 5 de julho.

Denúncia
A população poderá denunciar descumprimento das regras estabelecidas através dos telefones 62 3506-7084 e no whatsapp 62 99125-6778. Já para tirar dúvidas e obter informações, foram disponibilizados os telefones 62 3506-7022 e o whatsapp 62 99535-0503.