Projeto foi apresentado pela secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) nesta terça-feira, 26, durante com representantes do Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO), Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) e o Consórcio BRT.

Segundo o secretário da Seinfra, Dolzonan da Cunha Mattos, a ideia é de construção de trincheira que corte a Praça Delmiro Paulino da Silva, entre a Rua 90 e a Avenida 136, no Setor Sul.

Durante a apresentação do projeto, Dolzonan explicou que o objetivo da obra é ampilar a mobilidade urbana e trafegabilidade na região.

A intenção da prefeitura é que as novas frentes sejam iniciadas no próximo mês. Nesta etapa, será executada a construção da trincheira na Praça Delmiro Paulino da Silva, nos cruzamentos da Rua 90, com a Avenida 136, no Setor Sul, e a pista de rolamento da nova trincheira até a Praça do Cruzeiro, no mesmo bairro.

De acordo com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em março de 2018 entre a Prefeitura, Ministério Público Federal (MPF) e o Consórcio BRT-Goiânia, foram acordadas duas frentes de trabalho. A primeira, que será entregue já nos próximos dias, liga o Terminal Recanto do Bosque ao Terminal Rodoviário. A segunda, com previsão de ser iniciada em abril deste ano, será ratificada pelo MPF nesta semana.

Ao todo, o projeto pretende atender 148 bairros de Goiânia e Aparecida de Goiânia com 93 ônibus, sendo 28 veículos articulados e 65 convencionais, em quatro linhas. A expectativa é de que cerca de 120 mil pessoas usem o transporte diariamente, sendo 15 mil no horário de pico. Com o sistema, a velocidade dos coletivos passaria da média de 14 km/h para 28 km/h.