Obra, que faz parte do BRT-Norte Sul, liga Aparecida a Goiânia, criando um corredor de ônibus que vai garantir rapidez, comodidade e segurança aos usuários do transporte coletivo.

As obras de conclusão do viaduto na Avenida São Paulo, na Vila Brasília, foram retomadas na última segunda-feira, 29. Nesta etapa, diversos operários trabalham na compactação do solo que em seguida será impermeabilizado para receber a capa asfáltica. Com 90% concluída, a obra pode ser inaugurada – dependendo das condições climáticas nos próximos 30 dias.

De acordo com a Secretária de Infraestrutura (Seinfra), o solo da Avenida São Paulo não é apropriado para receber a capa asfáltica e, por este motivo, 60 cm de terra estão sendo trocados para que possa ser feita a compactação, impermeabilização e posteriormente a pavimentação da via.

“Precisamos de alguns dias sem chuva para que possamos executar essas ações. O solo precisa ficar totalmente seco para receber a pavimentação asfáltica. Dependendo das condições climáticas podemos até antecipar em alguns dias a conclusão da obra”, aponta o superintendente de Obras da Seinfra, Roberto Lemos Oliveira.

Investimento

Orçado em R$ 13,1 milhões do Tesouro Nacional, o projeto da trincheira/viaduto consiste no rebaixamento da Avenida São Paulo no cruzamento com as Avenidas Tapajós e Rudá, que passará por baixo da interligação entre as duas vias, eliminando semáforos tanto para os condutores que se dirigem sentido BR-153 quanto para os que se dirigem sentido Avenida 4ª Radial.

O projeto prevê ainda a implantação de um moderno sistema de drenagem e captação de águas pluviais, além da implantação de novos pontos de ônibus e do paisagismo da via, com árvores e flores. O cruzamento recebe diariamente mais de 50 mil veículos.

A construção do viaduto João Antônio Borges que recebe o nome do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Aparecida vai resolver o maior problema de mobilidade urbana em Aparecida, eliminando grandes congestionamentos na região, sobretudo, nos horários de pico, dando maior fluidez para quem está entrando na cidade ou para os condutores que estão seguindo rumo a Goiânia. (Com informações da Secom)