Prefeito Gustavo Mendanha (MDB) diz que  apesar de a Segurança Pública ser de responsabilidade do Estado e uma obrigação de todos, a Prefeitura de Aparecida está investindo para melhorar esta área no município.

Gustavo salienta que sua administração esta focada neste processo através do projeto Cidade Inteligente, que estabeleceu entre as suas diretrizes  a instalação de 600 câmeras de videomonitoramento com inteligência artificial.

Em reunião nesta quinta-feira, 17, na sala de reuniões da Cidade Administrativa, o prefeito Gustavo Mendanha anunciou aos secretários que as instalações das câmeras terão início no próximo mês.

“Estamos pensando na melhoria da sensação de segurança da população de Aparecida e de quem passa pela cidade diariamente. Por isso, mesmo não sendo uma obrigação do município, trabalhamos com essa contrapartida que irá auxiliar o trabalho das forças de segurança municipais e estaduais. Pois os equipamentos de videomonitoramento que serão instalados na cidade, possuem um sistema inteligente de reconhecimento facial e de placas, com isso vamos mudar o quadro da segurança pública em Aparecida”, destacou o prefeito Gustavo que viu as câmeras de perto em sua última viagem à China.

As 600 câmeras contam com um moderno sistema “Olhos de Águia” que contam com um software que faz a identificação de rostos e placas de veículos. Esses equipamentos serão instalados em pontos estratégicos da cidade, fazendo a vigilância, tanto do patrimônio público quanto da população. O objetivo da administração é de além de reduzir crimes, ajudar na identificação de suspeitos e ainda potencializar o trabalho da Guarda Civil e demais forças de segurança pública, proporcionando eficiência no atendimento ao cidadão e maior segurança para a população de Aparecida.

De acordo com o Secretário de Mobilidade e Defesa Social, Roberto Cândido, toda a estrutura já está sendo preparada para a instalação das câmeras.

“Fizemos um levantamento, juntamente com membros do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) de Aparecida e juntos decidimos em quais pontos da cidade as câmeras serão instaladas. Queremos com este processo reduzir o índice de criminalidade na cidade e garantir mais segurança para todos, pois o monitoramento poderá inibir a ação dos criminosos”, disse.

Para iniciar a instalação das Câmeras está sendo finalizada a implantação dos 540 quilômetros de fibra ótica na cidade, que levará a rede de internet para todos os cantos, auxiliando principalmente na captura e divulgação das imagens. “Trabalhamos para concluir o processo de fiação. Até o momento temos cerca de 220 km de fibra ótica implantada na cidade, 80 postes já foram instalados e a parte de Data Center está sendo concluída. Seguimos um cronograma desde o primeiro semestre deste ano”, explicou o diretor de Inovação, Ernesto Veiga, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Aparecida (SCTI).

Cidade Inteligente 

A instalação das câmeras de videomonitoramento fazem parte do projeto Cidade Inteligente, que visa transformar Aparecida em uma cidade conectada e tecnológica. A fase inicial do projeto abrange quatro ações principais: a instalação de 540 km de fibra óptica, a ampliação do videomonitoramento da cidade com aquisição de 600 câmeras com reconhecimento facial e de placas, implantação de 200 pontos de acesso livre e gratuito à Internet, e contratação de um data center próprio para o controle de gastos públicos. O projeto busca realizar ações eficazes na construção de uma cidade conectada, universalizando todos os setores da administração pública e da sociedade, resultando em uma maior eficiência da gestão pública e melhor prestação de serviço ao cidadão.