Durante solenidade que aconteceu presencial e virtualmente, foram certificados 40 alunos que iniciaram as aulas ano passado e teve calendário alterado por causa da pandemia 

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia realizou na manhã desta segunda-feira, 24, a cerimônia de certificação dos alunos dos cursos de Informática Básica e Avançada oferecidos pelo Centro Municipal de Educação Profissional (CMEP). A solenidade aconteceu de maneira híbrida, presencial e virtualmente. Na ocasião, o prefeito Gustavo Mendanha e o secretário de Educação Divino Gustavo entregaram os certificados a dez alunos que foram convidados para representar a turma de formandos que é formada por um total de 40 alunos. Os demais formandos e familiares, por conta do momento de pandemia e das regras de distanciamento social, participaram da cerimônia por meio de interação virtual.

O prefeito Gustavo Mendanha parabenizou os cursistas pela formação e destacou a importância desse tipo de ação promovida pela Prefeitura por meio da SME e do CMEP, tendo como alvo a melhoria da qualificação da mão de obra e a oportunidade de uma melhor colocação nos postos de trabalho. “A Prefeitura tem trabalhado bastante para tornar a cidade empreendedora, buscando incentivos e diálogo amplo. Hoje é, de fato, um dia importante, pois estamos disponibilizando mais pessoas qualificadas para o mercado de trabalho”, enfatizou.

O secretário de Educação Divino Gustavo lembrou que o curso foi realizado num dos momentos mais críticos da história do país, quando a população enfrenta a pior crise sanitária e também a pior crise na área do emprego e renda. “É uma satisfação poder oferecer um curso que qualifica as pessoas para o trabalho, que amplia o leque de oportunidades. Sabemos das dificuldades enfrentadas pela população neste momento e é para levar um pouco mais de esperança que, sob a orientação do nosso prefeito Gustavo Mendanha, estamos finalizando mais um processo de formação técnica na área de tecnologia”, enalteceu o secretário.

Ao todo, 40 pessoas de diferentes faixas etárias concluíram o curso, que  foi iniciado no primeiro semestre do ano passado para ter duração de dois meses, mas que teve de alterar seu calendário por conta da crise de pandemia, o que obrigou parte do curso a acontecer de forma remota. “Este evento de certificação, neste momento, representa a superação, tanto por parte dos aluos que tiveram a coragem de seguir em frente na sua formação, mesmo diante das dificuldades enfrentadas, como também por parte do CMEP, que precisou promover adaptações por conta do período de distanciamento social”, explicou a diretora do CMEP, Mônica Pereira do Nascimento,.

Estudante de Pedagogia, Maria de Fátima da Conceição Souza, moradora do Independência Mansões, comenta que enfrentava dificuldades no acompanhamento do curso por não ter domínio algum na área de informática, uma exigência na hora de fazer os trabalhos das disciplinas. Ela explica que o curso foi muito importante para ela, pois agora terá a oportunidade de ter a independência e a economia financeira, já que, antes, segundo afirma, era obrigada dispor de recursos para pagar alguém, sempre que precisava apresentar algum trabalho nas disciplinas do curso da faculdade. “Eu me sentia uma analfabeta digital, tinha até medo do teclado, medo da tela do computador e de fazer alguma coisa errada, coisa que hoje em dia já superei”, assegura.

A cerimônia de certificação contou com a presença do deputado federal, Professor Alcides, do vice-prefeito Vilmar Mariano, dos vereadores Marcos Miranda e Orlanes Maranhão, membros da Comissão da Educação na Câmara Municipal, e dos secretários municipais Max Menezes (Desenvolvimento Urbano) e Cláudio Everson (Meio Ambiente e Sustentabilidade).