Vereador Moises Barbosa (PSDB) visita prefeito Gustavo Mendanha para conhecer projeto sócioemocional que combate o bullyng nas escolas do município
O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) recebeu ontem a visita do vereador Moises Barboza (PSDB), que é o líder do governo do prefeito  de Porto Alegre, Nelson Marchezan Filho (PSDB). O encontro, segundo Moisés Barboza foi para conhecer o projeto sócioemocional de combate ao bullyng, que é executado nas escolas da rede municipal de Aparecida de Goiânia.
“Tive conhecimento deste projeto, que é realizado pela prefeitura de Aparecida de Goiânia numa  parceria da Secretaria de Educação do município  com o instituto Escola da Inteligência, do educador Roberto Cury. Depois da tragédia de Suzano (SP), é dever de todos prefeitos e também dos vereadores, estarem atentos ao que se passa nas escolas. Precisamos cuidar dos professores, dos alunos e das famílias dos alunos para que o ambiente escolar seja sadio, educativo e de paz”, frisa.
Gustavo Mendanha informa que em Aparecida de Goiânia 15 mil estudantes são atendidos pelo programa. ” Nossos educadores nos informam que a metodologia educacional utilizada pelo Dr. Augusto Cury promove a educação das emoções e da inteligência, e isto tem refletido em melhoria dos índices de aprendizagem, redução da indisciplina, aprimoramento das relações interpessoais e o aumento da participação da família na formação integral dos alunos”, comenta.
“Ficamos felizes que este cuidado que temos com nossos jovens em Aparecida de Goiânia inspira a atenção de outros municípios, principalmente se tratando de uma Capital da importância de Porto Alegre. Nossas portas estão abertas para que os responsáveis pela educação porto-alegrense venham aqui conhecer nossa experiência e tirar o máximo proveito e possam levar para suas escolas o que for de melhor para educação de suas crianças”, conclui Mendanha.
Em Goiás, além de Aparecida de Goiânia,  Caldas Novas, Corumbaíba, Valparaíso e Teresina de Goiás também aplicam esta metodologia sócioemocional nas escolas. Em Goiânia o programa foi colocado em prática durante a gestão da secretária de Educação, Neyde Aparecida e do prefeito Paulo Garcia (PT).
No Estado o programa é executado pela empresa Inteligência Educacional. A diretora da instituição, Millena Araújo, enfatiza que a proposta da Escola da Inteligência é que todos os envolvidos – professores, alunos e familiares – sejam  beneficiados com mais qualidade de vida e bem-estar psíquico. “O Programa Escola da Inteligência é aplicado em 1 hora/aula por semana, dentro da grade curricular, como uma nova disciplina ou dentro de uma disciplina já existente”, informa. Segundo ela, atualmente, o programa atende diretamente mais de 200 mil alunos em escolas de todo Brasil.