O Júri Nacional de Eleições do Peru (JNE) proclamou nesta segunda-feira (19) Pedro Castillo, do partido de esquerda Peru Livre, como presidente eleito do país para o período 2021-2026, após ter rejeitado os pedidos de nulidade de atas de proclamação favoráveis a Castillo da Força Popular.

Do Sputnik Brasil

Segundo uma contagem do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE, na sigla em espanhol), Castillo conseguiu derrotar sua rival Keiko Fujimori, da Força Popular (direita), na eleição ocorrida em 6 de junho, pela diferença de pouco mais de 44 mil votos. A cerimônia de proclamação foi realizada no formato virtual através da transmissão ao vivo pelo Facebook com a presença do chefe do ONPE, Pierto Corvetto, e do próprio presidente eleito.

Castillo deve assumir o cargo em 28 de julho, dia em que Peru celebra 200 anos de sua independência.

“Obrigado povo peruano por este histórico triunfo! Chegou o momento de chamar todos os setores da sociedade para construir juntos, neste Bicentenário, um Peru inclusivo, um Peru justo, um Peru Livre. Sem discriminação e pelos direitos e todos e todas!”, escreveu ele em sua conta no Twitter.

Após a proclamação oficial, o novo presidente do Peru continua recebendo congratulações de personalidades oficiais, tendo sido já parabenizado pelos governos da Venezuela, do Panamá, da Argentina, da Bolívia, pelo presidente equatoriano, chanceler cubano, ONU e vice-presidente do Banco Mundial.