Em entrevista à Folha de S.Paulo o pecuarista Mauro Lúcio Costa, 54, afirmou que é  contrário ao desmatamento. Costa defende o aumento da produção apenas nas áreas já abertas, elogia ONGs ambientalistas, critica o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e defende a autodeterminação dos povos indígenas.

Mineiro de origem, Mauro Costa  está radicado há décadas em Paragominas (PA), município formado por famílias de goianos e mineiros que se tornou referência na busca pela conciliação entre produção e respeito à legislação ambiental.