A idéia é facilitar o acesso a higienização das mãos para pessoas que estão em situação de rua ou que estejam transitando nas vias na capital e cidades do Entorno de Brasília.

Parceria entre o governo de Goiás  e a prefeitura de Goiânia instala lavatórios na Capiral e também em cidades do Entorno de Brasília.A instalação é feita meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) e a Saneago, e em parceria com a Prefeitura de Goiânia e a Instituição Socioassistencial Banho Sagrado. As primeiras unidades foram  implantadas ontem (quarta-feira,29).

Lavatórios serão disponibilizados para facilitar o acesso a higienização das mãos para pessoas que estão em situação de rua ou que estejam transitando

 

Goiânia

A idéia é facilitar o acesso a higienização das mãos para pessoas que estão em situação de rua ou que estejam transitando por vias próximas ao Mercado Aberto, no Centro de Goiânia, praças do Chafariz, Tamandaré, Universitária, Joaquim Lúcio, Cruzeiro, Avião, Walter Santos e do Bandeirante, além de algumas cidades do Entorno do Distrito Federal.

Entorno 

Nesta semana serão instalados os equipamentos em Goiânia, e na próxima nos municípios de Luziânia, Valparaíso, Planaltina, Formosa, Águas Lindas, Anápolis e Aparecida de Goiânia. Eles foram adquiridos pela Seds e adaptados para servir de apoio na proteção à saúde. Cada kit é composto por tambor, cuba e torneira. Os recursos para aquisição foram doados pelo Ministério Público do Trabalho em Goiás.

Água e sabão

Secretária da Seds, Lucia Vânia destaca que essa ação alcança os principais centros urbanos da Região Metropolitana de Goiânia e Entorno do DF, e prima por facilitar o acesso aos públicos mais vulneráveis. Ela ressaltou ainda que sabão líquido será disponibilizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) de Goiânia em todos os lavatórios.

A Saneago contribuiu com a instalação dos pontos de água e esgoto nas localidades definidas pela Seds para receberem os lavatórios. As entidades de longa permanência serão os grandes responsáveis pela gestão, supervisão e fiscalização dos programas socioassistenciais.

 

Segundo o coordenador da Instituição Banho Sagrado, Diego Gontijo, essa é uma ação que facilitará a higienização das pessoas, e a instalação dos lavatórios contribui sobremaneira para ajudar quem mais precisa de amparo e proteção neste momento: os moradores de rua, que agora contam com mais uma opção para se proteger. “A simples assepsia nas mãos evita contaminação”, pontuou ele.

Com informações da Comunicação Seds