Nara Lacerda – Brasil de Fato – O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta terça-feira (6), que a vacina contra o coronavírus pode estar pronta ainda em 2020. A afirmação representa uma mudança de tom, já que a OMS vinha tratando o tema com menos otimismo e mais cautela.

“Vamos precisar de vacinas e há esperanças que possamos ter uma vacina até o final deste ano. Há esperança”, disse Tedros, no discurso final dos dois dias de encontros do Conselho Executivo da organização. A nova abordagem vem menos de uma semana após a OMS anunciar que está aberta à possiblidade de aprovação de imunizantes para uso emergencial.

Dias antes, a China já havia declarado que a Organização Mundial da Saúde apoiava o início da administração de vacinas experimentais, mesmo com testes clínicos ainda em curso. De acordo com dados da OMS, há 193 pesquisas em andamento para um imunizante contra o coronavírus e 42 deles já estão em fase de ensaios clínicos.

Ainda assim, a organização reafirma que esforços das nações para conter a pandemia não devem levar em consideração apenas o horizonte de aprovação de uma vacina. Para a OMS, é preciso manter e reforçar medidas que diminuam mortes e contaminações rapidamente, como distanciamento e testagem.

“O mais importante agora é investir e usar as ferramentas que temos. Muitos países mostraram que as ferramentas que temos foram capazes de suprimir e controlar a pandemia. Investir em vacinas, enquanto implementamos as ferramentas que temos em mãos seria muito muito importante e vai nos trazer melhores resultados”, ressaltou Tedros.

A entidade alerta para o número alto de novos infectados por dia, estimados em cerca de 2 milhões a cada 24 horas. Oficialmente, mais de 35,6 milhões de pessoas já pegaram a covid-19 em todo o mundo. Levando em consideração a subnotificação, a OMS calcula que o coronavírus já tenha atingido 10% da humanidade. O número de mortes é superior a 1 milhão.

No Brasil, o total de contaminados chegou a 4.969.141 nesta terça-feira (6). Em um dia, foram confirmados 41.906 novos casos. Os óbitos causados pela covid já chegam a 147.494. Somente nas 24 hora desde a segunda-feira (5), houve o registro de 819 novas vítimas fatais da doença. Os dados foram divulgados pelo Conselho

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Rodrigo Chagas