Com mais de 10 mil casos confirmados e mais de 800 mortes no estado, o governo de Wilson Lima se prepara para retomar as atividades econômica, o que pode colocar em risco da vida da população.