Nóys é Nóys faz revival dos clássicos do samba que marcaram a boemia do século 20, no Brasil, com um toque pessoal, autoral, que agrada o público que o segue há exatos 39 anos.

 

Renato Dias

Samba de A a Z. Com clássicos que marcaram época. No século 20. De compositores como Noel Rosa, Nelson Cavaquinho, Cartola, Pixinguinha, Ataulfo Alves, Lupicínio Rodrigues. Ícones da história do gênero musical. É o que promete entregar ao seu público que o segue há exatos 39 anos, no sábado, 17 de agosto de 2019, às 13h, no Restaurante Aquárius, instalado à Avenida Albert Einsten, Sem Número, Jardim da Luz, em Goiânia, capital. Couvert: R$ 15,00. Simbólico.

O vocalista  é Xexéu, nome artístico Roberto Célio. Um torcedor apaixonado do maior clube de futebol do Centro-Oeste do Brasil, o Vila Nova Futebol Clube, duas vezes campeão brasileiro da Série C, 15 títulos estaduais,  duas divisões de acesso e três copas Goiás. O artista é peça-chave do grupo musical Nóys é Nóys. Uma referência cultural do Centro-Oeste