Transcrição do vídeo gravado por Nilton Schutz em 18/março/2020: Astrologia Semanal..  Schultz  trata do ano novo astrológico e dá dicas de astrologia dessa semana correspondem ao período do dia 18 ao dia 24 de março.

Teremos dia 20 de março, sexta-feira, o ano novo astrológico. Este, para todas as pessoas que apreciam a astrologia como uma linha de conhecimento para o aperfeiçoamento, representa o ano novo real. Do dia 31 para o dia 1 de janeiro é conhecido como o ano novo profano, que nós também celebramos – mas dia 20 de março é quando o Sol astrológico chega a 0° de Áries e assim temos o ano novo astrológico real. Neste momento começa um novo impulso, uma nova força para que todos nós entremos do arquétipo dos 12 signos novamente! Isso representa que nós iniciamos o que é chamado na tradição dos doze trabalhos de Hércules na mitologia grega – ou ainda, a manifestação dos quatro elementos como quatro estados de consciência que devemos começar a burilar de uma forma mais intensa.

 

Temos sempre o ano novo astrológico quando nós temos o ingresso do equinócio: no hemisfério norte é o equinócio de primavera e no hemisfério sul, o equinócio de outono. Assim, temos dias e noites iguais, representando a palavra equilíbrio que vem do equinox… A Terra faz o seu equilíbrio e com isso, todos nós passamos por um renascimento. Isso ocorre essa semana, na sexta dia 20 de março! Todos nós, independente do signo pessoal temos essa força para trabalhar. Esse reinício, este renascimento…

 

O CENÁRIO ATUAL COM O CORONAVÍRUS

 

Só que neste ano de 2020, temos a realidade de um vírus que se espalha e se propaga. Ou seja: nós. do planeta Terra estamos doentes… Como eu gosto e sigo todos esses grandes mestres da humanidade, eles sempre nos ensinam que antes da doença existe o doente. Se nós, independente de ter sido uma manipulação de laboratório para fins econômicos, políticos e etc (ou seja, o egoísmo humano) ou não, isso não importa. O fato é que é uma realidade que se propaga, é uma realidade que está presente e vigente no planeta e que nós precisamos aprender a combater.

 

Há quanto tempo eu venho falando que em 2020 algo iria acontecer! Coloco aqui inclusive um vídeo que eu gravei no ano de 2017 – muitas pessoas que seguem o meu canal sabem disso, fui um dos primeiros a falar dessa grande conjunção planetária em 2020 que traria para nós alguma consequência, algum efeito e eu falava de uma preparação. Essa energia como consciência coletiva pega o planeta Terra doente, com isso a doença se dissemina…

 

É um momento difícil, é um ano novo diferente. É um ano novo onde nós temos um grande influxo astral, mas que todos nós independente de signos temos que aprender a seguir e trabalhar o caminho do bem. Como disse Jiddu Krishnamurti, “mate o mal em ti que o mal do mundo não te atingirá”… Este mal em ti são as energias interiores mal resolvidas! Não estou falando da morte física, estou falando da transmutação correspondente ao que  devemos trabalhar dentro de nós. Tudo isso está jogado na humanidade, então precisamos compreender que tudo isso está acontecendo porque nós, como humanidade, precisamos acordar e despertar.

 

Faça para ti mesmo a seguinte pergunta: o que é um mundo melhor para você? Quanto você colabora, quanto você faz para que verdadeiramente este mundo seja melhor? É preciso entender que independente de necessidades pessoais, nós temos boa tarde de aprender a pensar coletivamente. Vejam que engraçado: este vírus, que está sendo propagado através de uma gripe para o mundo nos passa justamente essa lição, nos questionando como uma consciência coletiva o quanto nós procuramos ser verdadeiramente um ser humano melhor e que possui uma vibração mais abrangente – principalmente no sentido coletivo.

 

Tudo isso está sendo cobrado de nós! Se pegarmos a gripe como referência, está sendo passado amplamente por todos os meios de comunicação que devemos evitar ambientes cheios, o toque, o contato… Agora, parem para pensar: quanto nós estamos fazendo há muitos anos essa realidade virtual de não estarmos juntos das pessoas e ficarmos conversando com elas só no sentido virtual? Quanto nós trabalhamos a virtualidade em detrimento da realidade pessoal e presencial? No meu ponto de vista sujeito a erros e enganos, esse vírus vem nos demonstrar que estamos exagerando demais nisso. Falta mais contato, mais conversa, atuações diretas no sentido de realização no planeta…

 

Estamos virtuais demais. Este exagero agora é cobrado com esse vírus… Já que não estamos fazendo questão do contato presencial, do toque, da palavra, do abraço, nós agora estamos colocados em confinamento para que o vírus não se propague. Tudo isso para mim – sempre sujeito a erros enganos, é minha forma pessoal de ver esse tipo de energia que se propaga -, estamos simplesmente recebendo como efeito o que nós trabalhamos como causa anteriormente.

 

Vejam a economia! Vejam o quanto isso demonstra a fragilidade do sistema econômico que nós vivemos. Temos ali Urano – representa possíveis imprevistos – em Touro – representa o financeiro -, ligados a essa energia de trinca horrorosa que está ocorrendo, a alta do dólar… Que coisa horrível! Tudo isso fomos nós que criamos. É difícil, é complicado, mas não vai adiantar ficar apontando o dedo e falando o que isso ou aquilo está errado. Temos que agir de uma forma concreta, de uma forma realizadora para fazermos um mundo diferente. Não adianta focar somente na virtualidade, não adianta pensarmos somente em nós, no nosso lado egóico e esquecermos do lado do coletivo. Tudo isso deve ser trabalhado! Vamos começar a pensar nesse tipo de coisa.

 

ANO NOVO ASTROLÓGICO

 

Depois deste início nós podemos pensar em começar a falar do ano novo astrológico e do mapa, que traz uma correspondência e uma linguagem fantástica, onde vou colocar de acordo com a minha visão pessoal o que eu enxergo aqui para que todos nós possamos trabalhar esses influxos. Uma primeira coisa que eu gostaria de conversar com vocês em relação ao ano novo astrológico: esta energia do momento atual, sendo que representa a força do início e de começarmos a fazer o que realmente nós nos propusemos aqui na Terra, esta força se apresenta neste ano como uma energia de recolhimento e reflexão para todos nós.

 

O próprio movimento lunar nos remete a isso – porque no mapa do ano novo astrológico nós temos a Lua posicionada em Aquário, na sua fase minguante e o signo de Aquário representa os influxos de uma nova era. Não estou falando aqui das pessoas de Aquário, estou falando de um influxo cósmico que rege toda a humanidade e esse influxo cósmico é correspondente a era de Aquário, que está praticamente no seu começo e ainda terá no mínimo dois mil anos com toda sua energia. Por esta razão, nós temos o trabalho do coletivo em foco (Aquário representa o coletivo) – daí que eu coloquei toda minha visão pessoal no início do post, correspondente ao que nós produzimos.

 

A própria realidade do mundo virtual representa a realidade aquariana, que está associada diretamente à tecnologia. Tudo isso se monta e nós observamos que neste momento, esse grande influxo que usualmente deveria ser utilizado como uma força para irmos para cima, fazer e acontecer, que representa o ano novo astrológico, ainda nesta semana não devemos fazer isso. Nesta semana, como estamos na Lua minguante exatamente no seu início no signo na nova era,  é um momento de cura. A Lua minguante é uma Lua onde nós devemos nos interiorizar… Ela representa o fruto que já está presente na árvore e fez o seu papel, que deve ser colhido ou ele retornará para a Terra para reiniciar um novo ciclo, alimentando as raízes com as suas forças.

 

Portanto precisamos observar dentro de nós, através desse recolhimento que o mundo de uma forma geral vive na atualidade, o que deve ser curado. Que tipo de fruto nós temos para poder utilizar em prol deste mundo melhor que eu estou colocando aqui? Isto, porque a grande conjunção é em Capricórnio. Este representa o signo dos objetivos e metas do que realmente queremos fazer e produzir, então todos nós estamos sendo julgados por essa energia no momento! Essa força em conjunto com a Lua minguante pede nesta semana para que todos nós olhemos para dentro. Aproveite isso que está sendo pedido para todos, esse não envolvimento social.

 

Vamos usar essa energia um pouco mais no sentido de aprendermos a olhar para nós mesmos e trabalharmos a nossa individualidade… Veja como você pode colaborar. Este é o princípio da montanha e do cume, que todos nós devemos aprender a trabalhar a partir de 20 de março. Todos nós devemos chegar na montanha bem resolvidos, sabendo o que devemos fazer. Se você está em um momento difícil, é a hora de observar dentro de você o que realmente faz com que você esteja em um momento complicado. O que você causou para que este efeito se projete em ti?

 

Se a energia está densa demais e muito difícil, como eu sempre sinto nos meus vídeos eu digo: procure um terapeuta que você confia para ele que possa lhe oferecer um caminho, para que ele possa lhe oferecer a possibilidade do entendimento que é sugerida nesta semana, para que você aprenda a olhar para dentro, para que você veja os seus frutos, para que você entenda que se isso chegou a ti e este determinado fruto está presente em ti, é porque de uma determinada forma você o plantou um dia. Por mais difícil que seja! Por isso se trata de uma Lua curadora a Lua minguante, que está junto de nós nesta semana. Ela representa exatamente isso: a cura através da observação interior, a cura através do recolhimento e da reflexão do que nós verdadeiramente viemos fazer aqui – e ela não está no signo na nova era neste momento de renascimento por acaso! Ela está lá porque todos nós, com esta égide aquariana, devemos aprender a trabalhar a realidade coletiva.

 

Muitas pessoas não compreendem, pois pegam os meus vídeos e dizem “poxa, mas você está falando que nós devemos cuidar da espiritualidade mas você tem vídeos de desenvolvimento de força material!”. Simplesmente precisamos entender o seguinte: nós estamos em um momento no qual isso é necessário, mas se você só vive a realidade do mundo material em detrimento da realidade espiritual você está entrando numa roubada. Nesses próprios vídeos que eu falo de nós aprendermos a trabalhar com a materialidade, se observarem com um pouquinho mais de consciência verão que eu sempre solicito a máxima de cuidar primeiro das coisas espirituais que o resto lhe será dado por acréscimo.

 

Logo, está na hora de nós aproveitarmos esse “boom” do mundo virtual e não ficarmos com a superficialidade horrorosa das nossas mentes focadas em coisas que nós pegamos de raspão, julgamos e criticamos. Devemos aproveitar essa realidade do mundo virtual e aprender a nos aprofundar em relação ao que são coisas realmente bacanas… Observem que eu sempre cito nos meus vídeos para que vocês procurem as fontes do que eu sugiro aqui. Quando eu falo alguma coisa, por exemplo quando eu falei do coronavírus eu falei que esse vírus tem toda uma associação com a energia de Vayu e Tattva, que os antigos com seus conhecimentos milenares colocam esses nomes – que tem origem no sânscrito das forças da natureza. Vayu representa o ar e o tato como manifestação dos sentidos humanos.

 

Observe e pesquise na internet essas palavras antes de falar que eu só falo bobagens… Isso representa que você simplesmente não está observando todo esse universo fantástico que existe e pode ser captado por ti e que eu procuro, de acordo com a minha possibilidade – sei que eu sou uma fagunha num tremendo fogueirão de consciência que existe aí – ajudar todos, para que vocês observem a seriedade de tudo que eu procuro trazer aqui para vocês.

 

No dia de hoje, vamos falar do ano novo astrológico de 2020 que trás todo o compromisso dessas realidades que eu estou falando aqui! Existe um mapa com determinados posicionamentos planetários que nós vamos fazer a linguagem. Vamos lá, vou pegar o mapa do ano novo astrológico e de acordo com o que observar aqui dos posicionamentos planetários vou dar algumas dicas para vocês. Esse mapa que está projetado aqui representa o momento do Brasil, mas eu não vou utilizar as casas e isso significa que tudo que eu conversar com vocês aqui, serve para todos independente do país que você esteja.

 

 

Vou somente utilizar a energia dos planetas justamente para nós conversarmos juntos sobretudo essa energia, que junto de bastante reflexão e recolhimento todos nós possamos entender o que está acontecendo e como nós podemos contribuir para uma energia mais bacana.

 

A grande conjunção em Capricórnio

 

Vamos lá: primeiramente, temos aqui no mapa do novo como já vem sendo falado há muito tempo esta grande conjunção no signo de Capricórnio. Toda essa força e todo este momento astrológico representa que nós temos que trabalhar a energia do décimo signo zodiacal, independente de qual seja o nosso! Ou seja: você tem que ter uma meta e um objetivo! Por exemplo: os astrólogos colocam o signo de Capricórnio como signo que representa a realidade profissional. Se você aposentou, significa os objetivos e metas que você tenha a longo prazo. Então, o que é representaria a escolha profissional de alguém?

 

A escolha profissional é aquilo que queremos fazer, exercer, fazer ou produzir porque nós gostamos daquilo, independente do que aconteça. Independente de momentos de bastante fluidez, momento de desafios… É escolher fazer porque nós gostamos, quer seja quando alguém resolve ser um médico, um engenheiro, um enfermeiro… Não importa. Isto está sendo cobrado de uma forma fantástica para nós.

 

Saturno ingressará em Aquário (22/03)

 

Agora, uma notícia que tem muito a ver com a especialidade desse post no qual eu tô pedindo o recolhimento e reflexão: Saturno é o regente de Aquário. Temos a energia de Urano também associado à ele, sim, que como muitos astrólogos colocam é o regente moderno de Aquário. Mas hoje, nós temos a energia ainda no padrão do centenário e se falamos do centenário, Saturno tem as suas energias associadas a Aquário. Agora que vem a “pérola”: depois de quase três anos, temos a energia de Saturno saindo da grande conjunção de Capricórnio no seu sentido direto como o égide zodiacal e entrando, a partir do dia 22, no signo de Aquário – que eu já citei que é o signo que traz a correspondência com o posicionamento lunar (que vocês podem observar aí no mapa), que traz junto da Lua minguante a força de Aquário.

 

Portanto, temos até o dia 22 a possibilidade de enxergar isso com extrema clareza. Por que? A partir do dia 22, começa a ser vibrado para todos nós o compartilhamento real de tudo que nós valorizamos como conhecimento e energia do que está dentro de nós. O que seria isso, falando de uma forma mais simples: precisamos entender que todos nós trazemos um conteúdo vibracional, e esse conteúdo vibracional representa o conhecimento que nós vamos passando através das experiências. Isso não é só estudo, não! Você pode pegar uma pessoa que está ali, sem estudo acadêmico nenhum como por exemplo um índio que vive ali no meio do mato e ele tem um conhecimento e uma sabedoria fantástica, conectado às realidades da natureza – de uma forma muito mais aguçada do que os PhDs que tem um milhão de faculdades e cursos. 

 

Comece a reparar, a partir do dia 22 qual é o tipo de conteúdo vibracional que está dentro de ti, pois com Saturno ingressando em Aquário tudo isso será solicitado de nós. Vamos aprender, acordar, vamos criar essa verdadeira nova era para que nós tenhamos um influxo bacana. Com isso, não vai ter vírus nem realidade que irá tirar todas as nossas forças na coletividade fraterna que todos nós temos que viver. Isso, para mim, representa uma das forças principais correspondentes a essa energia, Saturno chegando no signo de Aquário.

 

Se observamos no desenho do mapa que coloquei aqui, os planetas estão praticamente acumulados do signo de Capricórnio, chegando somente até Touro. Existem os pontos cármicos que estão nos outros signos, mas eles não são planetas – os planetas são e sempre serão os grandes maestros de todos zodíaco. A energia principal da grande conjunção está no 10° signo (Capricórnio), depois a energia vai para o 11º (Aquário) onde nós encontramos a Lua – lembrando que a Lua representa o passado, representa a energia da adaptabilidade que temos que ter sendo que ela está no signo de Aquário, então temos que ter uma visão da nova era, que devemos construir com o objetivo e meta certeiro do que resolvemos ser com Capricórnio.

 

Aí essa energia vem para Peixes, que é o décimo segundo signo do zodíaco, fechando toda a sua realidade ali com Mercúrio e com Netuno. Mercúrio representa o conhecimento da era que já passou. Mercúrio em Peixes representa o que você aprendeu emocionalmente com todas as experiências que foram passadas e Netuno ali pergunta: você sabe idealizar com esse conteúdo? Você joga todo seu idealismo de uma forma fluente adiante, projetando o que realmente você busca com toda aquela energia que está presente no signo de Capricórnio? Tudo isso está sendo pedido para nós.

 

Agora que vem duas chaves muito interessantes: o Sol chega no signo de Áries, que é o primeiro signo do zodíaco. Isso representaria o primeiro passo! Ali nós temos dois pontos cármicos, que não são planetas, mas como envolvem a energia deles ali diretamente eu vou conversar com vocês sobre eles. Temos Lilith, que representa as sombras que devem ser transmutadas em poder – Lilith não é uma coisa ruim, ela representaria a geração verdadeira e genuína de valores totalmente aperfeiçoados e fortes que estão dentro de você – junto com Quíron, que na astrologia representa a cura. Logo, tudo isso está lançado e tudo isso está jogado para o primeiro passo neste ano novo astrológico!

 

Por fim, a energia de Urano e Vênus em Touro – que estão causando todo este desequilíbrio presente nas nossas finanças. Touro nos arquétipos astrológicos representa nossas finanças… O quanto os astrólogos, não somente eu como inúmeros, estamos falando desse possível chacoalhão que todos nós estamos passando agora na parte econômica!  Especialmente quando Vênus passou ali em cima, nós tivemos um start de toda essa bagunça – porque Vênus é o regente de Touro, então ele deu um start nesta força e essa energia uraniana. Todas essas energias elas continuam agora para serem trabalhadas por nós. Estas são as tônicas para o ano do Sol!

 

Agora vou falar de uma forma um pouco mais sintética para que todos nós possamos aproveitar essas energias. Inicialmente, precisamos saber o que nós queremos fazer e como nós podemos produzir uma energia boa no sentido coletivo e fraterno para o mundo que queremos construir. Devemos compreender o conhecimento da energia das forças emocionais que estão dentro de nós e devem ser aproveitadas e colocadas no seu sentido coletivo de nos adaptarmos no mundo e numa realidade melhor.

 

Finalize toda essa energia com os aprendizados do passado e todo o idealismo que nós podemos projetar. Aí essa força vem para o primeiro impulso, que é onde está o Sol – no primeiro signo do zodíaco – e nós devemos dar esse primeiro passo com essas energias bem resolvidas. Mas, aprendendo a reconhecer as nossas sombras, as nossas limitações e com este reconhecimento transformar isso em energias fortes e produtivas, nos curando e aprendendo a criar novas formas de valores – principalmente no sentido material, para produzirmos realmente riquezas verdadeiras aqui na face da Terra… Riquezas que estejam batizadas por energias espirituais, e não somente por coisas de césar.