A cada 11 minutos, no Brasil, uma mulher é vítima de violência. É o que aponta a ONU e o Atlas da Segurança. Os números foram divulgados  na caminhada contra a violência de gênero, contra a mulher, em Goiânia, promovida pela vereadora Léia Klebia (PSC).

 

 

Renato Dias

A  segunda edição da Caminhada contra a Violência de género contra a Mulher, milhares de mulheres saíram da Câmara Municipal de Goiânia, subiram a Avenida Goiás e encerraram a manifestação na tradicional Praça Cívica.  Original, a ideia é alertar a sociedade civil e o Estado (União, Estado, Prefeitura de Goiânia, Judiciário, Legislativo, Ministério Público) para os índices estarrecedores.

O ato teve a participação de do senador Luiz do Carmo (MDB), do deputado estadual Henrique César (PSC), do secretário de Estado de Desenvolvimento Social Marcos Cabral, da advogada Ana Vitória Caiado, do presidente da Câmara Municipal Romário Policarpo (Pros(, dos vereadores Jair Diamantino (DC) e Priscilla Tejota  (PSD), da superintendente-executiva da Mulher e Igualdade Racial, Rosilene Oliveira, e da vereadora por Trindade Maria de Lourdes.