Discórdia foi motivada pela ideia de Ibaneis de utilizar a linha férrea que liga Brasília ao Entorno como meio de transporte de passageiros. Segundo o jornal brasiliense Metrópole, o governador de Goiás teria provocado o governador de Brasília que respondeu com um palavrão.

A matéria assinada pela jornalista Lilian Tahan contra que o democrata entrou em contato com o emedebista para tirar satisfação sobre a operação de testes do veículo sobre trilhos. O projeto, se ficar pronto, beneficiará cerca de 50 mil pessoas. A Agência Brasília, na manhã de hoje havia noticiado a intenção do governador brasiliense de facilitar o transporte de massa com o uso do trilho de ferro.

No meio do caminho entre a viagem que o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), fez de trem até Valparaíso (GO), nesta terça-feira (04/06/2019), ele recebeu uma ligação de seu colega Ronaldo Caiado (DEM-GO), chefe do Executivo goiano. O telefonema não era de boas-vindas. O democrata entrou em contato com o emedebista para tirar satisfação sobre a operação de testes do veículo sobre trilhos, da qual Ibaneis participava a convite do Ministério do Desenvolvimento Regional.

“Ibaneis, o Goiás tem governador”, esbravejou Caiado, irritado com a iniciativa do Governo do Distrito Federal (GDF) em assumir o protagonismo do projeto que, se ficar pronto, beneficiará cerca de 50 mil pessoas, a maioria moradora do Entorno do DF.

Ibaneis retrucou no mesmo tom:

“O senhor está me dizendo que Goiás tem governador, pois eu estranhei a falta dele aqui”.

 

O tom da conversa subiu e virou uma discussão. Ibaneis desligou o telefone sem se despedir, não sem antes mandar o governador de Goiás para aquele lugar.