Kleybe Moraes declarou oposição a gestão de Rogério Cruz. “Já estávamos tendo alguns desgastes dentro dessa equipe de transição dentro da cúpula da igreja Universal. Então eu serei oposição A cúpula da Igreja Universal que comandará a prefeitura de Goiânia até o retorno do prefeito Maguito Vilela”.

Em nota emitidda pelo presidente da legenda, Carlos Júnior, MDB Metropolitano repreendeu o Kleybe Moraes, que disse que nenhum vereador foi chamado para discutir a formação do secretariado municipal.

Veja a nota:

O MDB Metropolitano, por meio de seu presidente municipal, Carlos Júnior, vem a público se manifestar quanto aos recentes ataques e declarações ofensivas do vereador Kleybe Morais (MDB) ao prefeito em exercício Rogério Cruz (Republicanos), desconhecendo a motivação desses ataques.

Afirmamos que não há intromissão ou influência de terceiros e instituições na administração municipal, conduzida pelo vice-prefeito, Rogério Cruz, que está seguindo o programa de governo planejado junto ao prefeito Maguito Vilela.

Não são verídicas as acusações de que pessoas oriundas da gestão anterior do município do Rio de Janeiro tenham vindo para compor a Administração Municipal de Goiânia.

Os critérios usados na escolha dos integrantes da administração atual são técnicos, baseados na qualificação e experiência para o exercício do respectivo cargo.

Por fim, expressamos nossa total convicção no bom trabalho do vice-prefeito Rogério Cruz, uma pessoa íntegra, de caráter ilibado, pacificador, e da confiança pessoal do prefeito Maguito Vilela.