Estimativa é de 5.600 exames por mês na unidade. Com a estrutura, sistema local vai suprir demanda que hoje é regulada com destino a Goiânia. Obra será erguida em área na Rua 13, Vila Pai Eterno. Prefeito projeta início da construção ainda em setembro, com recursos de emendas parlamentares. Apenas a parte física está orçada em R$ 2 milhões. Ele qualifica o investimentos como “valorização do cidadão trindadense”

O prefeito Marden Júnior lançou o projeto de construção do Centro Municipal de Diagnósticos Médicos, cujo objetivo é beneficiar moradores com realização de exames de alta complexidade, em Trindade.

A estimativa é de realização de 5.600 exames por mês na unidade. Com a estrutura, o sistema local vai suprir a demanda que hoje é regulada com destino a Goiânia.

A obra será erguida em uma área na Rua 13, na Vila Pai Eterno. Marden Júnior estima que a construção tenha início ainda em setembro. “Basta os recursos entrarem na conta”, afirma. Apenas a parte física está orçada em cerca de R$ 2 milhões, sem os equipamentos.

O prefeito enfatizou que fará todas as gestões necessárias para que o Centro de Diagnósticos seja construído e equipado com o menor tempo possível. Ele considera que é investimento em “valorização do cidadão trindadense”.

Para os custos da construção, a prefeitura receberá, nos próximos dias, depósitos de R$ 800 mil de emendas parlamentares do deputado federal Major Vitor Hugo. Ele gravou um vídeo cumprimentando os trindadenses por não poder estar na cidade nesta sexta-feira.

Em outra emenda, o senador Vanderlan Cardoso destinou R$ 1,5 milhão para a compra de um tomógrafo para o Centro de Diagnóstico de Trindade.

O deputado estadual Delegado Eduardo Prado também obteve recursos na ordem de R$ 101 mil destinados a um aparelho de raios-X. Ele esteve no evento e falou do apreço pela cidade, que já lhe conferiu título de Cidadão Trindadense.

O secretário municipal de Saúde, Rogério Taveira, disse que atualmente Trindade tem uma demanda reprimida por alguns exames, especialmente ressonância magnética e tomografia. A perspectiva é superar isso completamente quando a nova unidade estiver com atendimento.

Na cerimônia de apresentação do projeto, foi divulgado que será atendido o pedido dos moradores para que a unidade seja construída junto com uma praça toda equipada com parque infantil, academia ao ar livre e que, por sugestão deles, vai se chamar Praça do Barú. A notícia foi celebrada pela vereadora Márcia do Edmilson, que representa a região.

O Centro de Diagnósticos ocupará uma área de 840 metros quadrados, divididos em quatro blocos, todos com banheiros adaptados, e terá um uma ampla sala de coleta de materiais de laboratório.

No bloco cardiológico terá salas e aparelhos para exames do coração como Mapa e Holter, testes ergométricos e eletrocardiograma, além de dois consultórios.

Já o bloco de ultrassonografia será equipado com todos os aparelhos necessários para a realização de ultrassonografias, mamografias e densitometria óssea.

Em bloco específico, o paciente poderá fazer exames de tomografia e identificar doenças como AVC, tumores, fraturas e outras doenças. Este setor será equipado com tudo que é necessário para a realização dos diversos tipos de tomografias existentes na área médica.

O Centro de Diagnósticos Médicos terá bloco destinado somente para a realização de todos os tipos de raios-X, com proteção radiológica.

A unidade de saúde terá, também, um bloco administrativo que irá proporcionar aos profissionais da saúde a melhor prestação de serviços a toda população de Trindade.

A cerimônia de lançamento do projeto contou com participações dos deputados federal Zacharias Calil, estadual Amaury Ribeiro, pais do prefeito, a primeira-dama Dona Dorinha e Marden Aguiar, a madrinha da Educação, Rouanne Azevedo, vereadores, secretários e presidentes de agências municipais, servidores da saúde, do Samu e de outros órgãos, além de moradores.