UBS custará R$ 845 mil liberados pelo governo federal, resultado de emenda parlamentar do senador Jorge Kajuru. Por sugestão da Câmara de Vereadores, levará nome da avó do prefeito, Maria José Galindo. “São duas construções que ajudarão Trindade a ser referência, com opções de qualidade nos setores de saúde e de educação”, destaca ele, durante celebrações alusivas aos 101 anos de Trindade. Nova unidade de ensino vai custar R$ 3 milhões de recursos municipais.

Durante celebrações alusivas aos 101 anos de Trindade, o prefeito Marden Júnior lançou, na sexta-feira (20/08), as obras de nova Unidade Básica de Saúde (UBS) e de escola municipal, no Setor Ana Rosa.

As duas obras foram confirmadas na área ao lado do Centro de Convivência Vila Vida. Os investimentos somam R$ 4 milhões. Juntas, elas somarão cerca de 3 mil metros de área construída com investimentos federal e municipal.

Durante evento, o prefeito assinou a ordem de serviço para iniciar a construção da UBS nos próximos dias e lançou o projeto da nova unidade de ensino.

Por sugestão da Câmara de Vereadores, a UBS levará nome da avó do prefeito, Maria José Galindo. Ela é descrita como uma mulher de grande coração, de esforço reconhecido entre os trindadenses, mãe da primeira-dama, Dona Dorinha, a quem transmitiu seu legado de pessoa caridosa e estimulou a dedicar-se aos estudos.

A UBS custará R$ 845 mil liberados pelo governo federal. O recurso veio de uma emenda parlamentar do senador Jorge Kajuru ao Orçamento Geral da União. A ordem de serviço foi entregue no evento para a construtora Coliseu, que venceu a licitação e tem sete meses para entregar a obra.

Em discurso emocionado, o prefeito agradeceu os vereadores pela homenagem. Também cumprimentou o deputado estadual Amaury Ribeiro, que prestigiou o ato. Aos representantes do senador Kajuru, que não compareceu por cuidados com a saúde, agradeceu pela emenda que destinou os recursos.

“São duas construções que ajudarão Trindade a ser referência, que trarão mais dignidade, com opções de qualidade nos setores de saúde e de educação”, destaca Marden Júnior.

A UBS terá quatro consultórios médicos e um odontológico, sete banheiros, áreas administrativa e de serviços, além das demais salas necessárias ao atendimento à população, como sala de curativo e de vacinas.

Segundo o prefeito, a obra da unidade educacional vai custar cerca de R$ 3 milhões de recursos municipais. Será erguida anexa à Escola Municipal Cirandinha, vizinhas da UBS. A intenção é ampliar o atendimento na região tendo em vista que há déficit na unidade que já atende 823 alunos das zonas urbana e rural.

A nova escola terá quatro blocos, sendo dois pedagógicos, um administrativo e um de serviços. Serão construídos três acessos para alunos, pedestres e de serviços. Na entrada da área administrativa, ficarão a recepção e a secretaria.

No evento foi reproduzido um vídeo preparado pela Agência Municipal de Comunicação (Agecom) sobre as duas novas obras. Na sequência, os secretários de Educação, Sérgio Sanches, e de Saúde, Rogério Taveira, fizeram agradecimentos pela confiança e pelos investimentos que os dois setores recebem da parte do prefeito e referendados pelos vereadores.

Onze dos 19 vereadores de Trindade compareceram e discursaram. Eles ressaltaram a harmonia entre Legislativo e Executivo, o que resulta em projetos que beneficiam o conjunto da população.

Estiveram presentes os vereadores Wesley Cabeção e Maurinho de Paula, respectivamente presidente e vice-presidentes da Câmara Municipal, Baiano do Esporte, Cleitinho do Flori, Pastor Zeca, Samuel Samuca, Wender Bodin, Marco Ferreira, Manim do Esporte, Johnatan Reis e Raimundo Neto.

Prestigiaram o evento ainda os pais do prefeito, a primeira-dama Dona Dorinha e Marden Aguiar, a madrinha da Educação, Rouane Azevedo, e a diretora da Escola Cirandinha, Dayanne de Oliveira; os secretários municipais da Indústria e Comércio, Gustavo Queiroz, da Fazenda, Josimar da Mota, de Governo, Geraldo de Oliveira, da Casa Civil, Lhinicker D´Orázio, de Infraestrutura e Serviços Públicos, Luís Filipe, da Assistência Social, Gabriela Alves, além do procurador-geral, Sérgio Ferreira, e dos presidentes das agências municipais de Segurança, Juliano Reis, de Turismo, Cultura e Eventos, Warley Lopes, e de Comunicação, Urias Júnior.

Professores e assessores técnicos de diversos órgãos municipais também assistiram o evento que foi realizado em um espaço aberto, com ventilação natural, uso obrigatório de máscaras, álcool 70% e distanciamento entre cadeiras.