A cidade de Londres, na Inglaterra, foi palco de atos contra o governo de Jair Bolsonaro ao longo de todo o sábado (19.jun.2021). Durante o dia, um protesto percorreu as ruas da capital.

À noite, manifestantes projetaram um pedido de prisão do presidente na Torre de Londres. Ativistas brasileiros se juntaram ao grupo britânico Projections on Walls para exibir imagens do chefe do Executivo federal acompanhadas dos dizeres “Jail Bolsonaro” e “The Hague Bolsonaro”.

Receba a newsletter do Poder360

Jail“, em inglês, significa prisão. Trata-se de trocadilho com o primeiro nome do presidente (Jair). Já a frase “The Hague Bolsonaro” faz alusão à cidade de Haia, na Holanda. O lugar é conhecido por abrigar a Corte Internacional de Justiça, a Corte Permanente de Arbitragem e o Tribunal Penal Internacional, que julga responsáveis por genocídios e massacres, entre outros.

O simbolismo da escolha da Torre de Londres para receber a projeção também remonta ao uso de uma parte da fortaleza como uma prisão no período do século 15 ao século 20.

O fundador do Projections on Walls, Graeme Furley, confirmou ao Poder360 a participação do grupo britânico no ato. A informação foi publicada inicialmente pelo jornalista Tom Philips, correspondente do jornal The Guardian na América Latina.

“Trabalhamos em colaboração com ativistas brasileiros ontem à noite para mostrar nosso apoio ao povo brasileiro e ecoar seu chamado para que Bolsonaro responda por seus crimes contra a humanidade no tribunal de Haia”, disse Furley por e-mail.

Com informações do The Guardian e Poder360