A equipe médica que acompanha o candidato a prefeito de Goiânia pelo MDB, Maguito Vilela, decidiu transferi-lo  para uma Unidade de Terapia Intensiva a fim de garantir maior suporte ventilatório para o tratamento da inflamação nos pulmões, causada pela Covid-19.

O candidato a prefeito de Goiânia pelo MDB, Maguito Vilela, reagiu bem à introdução do suporte ventilatório na tarde desta segunda-feira (26).

Segundo o pneumologista Marcelo Rabahi, o estado de saúde geral do candidato é bom e o tratamento na Unidade de Terapia Intensiva no momento está focado em reduzir a inflamação no pulmão.

“Maguito passou no início da tarde pela primeira sessão com ventilação não invasiva, intercalando com catéter nasal de alto fluxo de oxigênio, e o resultado foi muito positivo. O quadro clínico continua estável, com pressão, função cardíaca e renal normais”, informa Rabahi.

Maguito vai passar por uma nova sessão ventilação não invasiva no início da noite. Ele está acordado, consciente e se alimentando normalmente.

Maguito apresenta um quadro clínico estável, com pressão, função cardíaca e renal normais, e está acordado e consciente.

“Optamos por transferi-lo para a UTI para que ele tenha à disposição um suporte ventilatório mais adequado. Ele vai receber oxigênio através de um catéter nasal de alto fluxo e de uma máscara de ventilação não invasiva”, explica o pneumologista Marcelo Rabahi, que está acompanhando o caso.

“Esta medida é para garantir um conforto maior para que o paciente passe por este período mais crítico da doença e se estabeleça mais rapidamente, para continuar o tratamento fora do ambiente de terapia intensiva”, completa o médico.