O prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), 71, tomou posse na tarde desta sexta-feira (1º) com assinatura eletrônica na UTI (unidade de terapia intensiva) do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado há mais de dois meses em razão de complicações decorrentes da Covid-19.

Uma hora e meia depois, o vice-prefeito, Rogério Cruz (Republicanos), assumiu o governo interinamente. O prefeito Iris Rezende (MDB) fez a transmissão do cargo a Cruz.Depois de ser recebido por Iris Rezende na porta do Paço, Rogério Cruz assinou o termo de transmissão de cargo e, em discurso, elogiou Iris Rezende.

“Suceder o senhor, Iris Resende, não será uma tarefa fácil. Maguito Vilela e eu sempre soubemos disso. Por isso, teremos de nos esforçar muito para dar continuidade nesse brilhante trabalho desenvolvido pelo senhor”, falou Rogério Cruz.

Ele acrescentou ainda que Iris Rezende é professor de muitos. “Saiba que também será o meu. Fiquei feliz em saber que o senhor continuará com o seu escritório político na Avenida T9. Teremos a honra de ir lá para ouvir os seus conselhos e os seus direcionamentos”, revelou.

Ao encerrar seu discurso, Rogério Cruz frisou que muitas obras ainda serão inauguradas por Iris Rezende.

“Maguito sempre disse que todas as obras iniciadas pelo senhor contarão com vossa presença para descerrar a placa de inauguração”, concluiu.

Recuperação

Após Maguito ter sido empossado, a equipe de transição solicitou afastamento dele para tratamento de saúde por tempo indeterminado.  Segundo o médico Marcelo Rabahi, que acompanha a recuperação do prefeito,Maguito Vilela está no melhor dia de sua recuperação. Ele segue com traqueostomia, mas tem boa respiração, está consciente, interagindo e recebe sedação leve apenas na hora de dormir.

 

Com informações do G1 e Secom-Gyn