As três mulheres mais velozes do mundo são da Jamaica.  A final dos 100 metros rasos femininos disputada neste sábado em Tóquio, nas Olimpíadas de 2020, levou ao pódio três atletas do país, do astro Usain Bolt.

Da RBA

Elaine Thompson, levou o ouro e bateu nova recorde olímpica dos 100 metros rasos feminino, Shelly-Ann Fraser-Pryce e Shericka Jackson repetiram feito que o país já havia conquistado nos Jogos de 2008

 

O feito já havia sido conquistado nos Jogos de 2008, em Pequim, e ao menos duas jamaicanas subiram ao pódio respectivamente em 2012 e 2016.

Elaine Thompson conquistou um bicampeonato olímpico, agora superando o recorde da competição, que era da estadunidense Florence Griffith-Joyner, estabelecido em Seul, nos jogos de 1988. Com 10,61, a vencedora superou a marca por um centésimo.

Shelly-Ann Fraser-Pryce, de 34 anos, que conquistou a medalha de prata, também é bicampeã olímpica (2008 e 2012) e tem um bronze conquistado no Rio, em 2016. Shericka Jackson conquistou sua primeira medalha olímpica na prova, mas já havia obtido outro bronze, nos 400 metros rasos, em 2016.

O feito das jamaicanas foi saudado pelo maior nome da história do esporte no país, o ex-velocista e recordista mundial nos 100 metros rasos masculino, Usain Bolt:

Thompson deve ampliar sua coleção de medalhas no 200 metros rasos, onde também é soberana, tendo vencido nas Olimpíadas de 2016. A Jamaica também é favorita no revezamento 4 X 100 metros.

Domingo terá disputa dos 100 metros rasos masculino

No masculino, a disputa pelo título de homem mais rápido do mundo deve ser acirrada na primeira prova olímpica disputada depois da aposentadoria de Usain Bolt. Seu compatriota Yohan Blake é um dos favoritos, mas aprece atrás do estadunidense Trayvon Bromell.

Também figuram entre os principais nomes da prova o canadense Andre De Grasse, o estadunidense Fred Kerley, o sul-africano Akani Simbine e o japonês Ryota Yamagata.

O Brasil voltou a ter um representante na semifinal em Tóquio, o que não acontecia desde Vicente Lenílson em Atenas-2004. Paulo André Camilo anotou 10s17, o que assegurou a terceira posição de sua bateria dos 100 metros rasos.

As semifinais dos 100 metros começam às 7h15 do domingo (1º) e a final será às 9h50, horário de Brasília.

Leia também: