Prefeito assina parceria entre  a Amma e o  Comando de Policiamento Ambiental tem para coibir atos de vandalismo nos parques e áreas verdes da Capital, como o incêndio criminoso que destruiu parte do Parque Areião.

O prefeito Iris Rezende (MDB) quer dar um basta nos atos de vandalismo nos parques e praças de Goiânia. Nos últimos meses ocorreram roubo de bancos, destruição de grades de proteção, pichações e atos mais graves, como o incêndio criminoso no Parque Areião, ocorrido no dia 21 de setembro, que destruiu parte do teatro de arena e da Vila Ambiental construídas no local nas gestões dos prefeitos Darci Accorsi (1993-1996) e Pedro Wilson (2001-2004). Nesta semana, um vândalo atirou um patinete elétrico no lago do Parque Vaca Brava.

Os bancos de madeira do Bosque dos Buritis já foram furtados várias vezes, o Mutirama é alvo de constantes pichações, e já foram registrados também roube de fios elétricos, prejudicando a iluminação no Parque Bougainville e no Parque Carmo Bernandes.

Para lidar efetivamente com esta situação o prefeito  autorizou convênio entre a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), e o Governo do Estado de Goiás, por meio da Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), para combater aos crimes ambientais na Capital. Com a formalização da parceria, a partir de agora, a Amma terá um posto do disque denúncia na sede da SSP, no setor Aeroviário.

Conforme o documento, em contrapartida, o município autoriza que o Comando de Policiamento Ambiental (CPA) da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) utilize parte da área do Núcleo Socioambiental do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama) para instalação do Centro Técnico-Ambiental e do Núcleo de Educação Ambiental e realização de suas atividades diárias.

‘Tenho convicção de que as parcerias que estamos realizando trarão grandes resultados em todas as áreas. Somente de mãos dadas, prefeitura e governo do Estado, conseguiremos avançar de forma significativa”, pontua Iris na assinatura do documento.

“Hoje selamos um acordo pela área ambiental, há pouco tempo conversamos sobre o monitoramento, logo fecharemos novas parcerias e Goiânia será sempre beneficiada. É o nosso objetivo diário’, frisa.

O prefeito Iris Rezende acrescentou ainda que as áreas verdes de Goiânia são patrimônios importantíssimos que garantem mais saúde, mais lazer e mais qualidade de vida à população. “A proteção destas áreas, bem como a ampliação por toda cidade, é um dever do poder público. Quando o Estado compartilha desta preocupação da Prefeitura de Goiânia, renovo minha certeza de que estamos no caminho certo’, concluiu.

Já o secretário de Segurança Pública do Estado, Rodney Miranda, reforça a intenção de dar continuidade às parcerias.

 

‘O governador Ronaldo Caiado definiu como um dos principais focos da gestão: integração. E tenho certeza que a prefeitura de Goiânia será uma grande parceira durante todo o governo, gerando resultados importantíssimos na área da Segurança Pública’, ressaltou.

Conforme o presidente da Amma, Gilberto Marques Neto, são extremamente positivos os benefícios desse convênio para Goiânia em relação às questões ambientais. “Estamos unificando esforços e otimizando dos serviços prestados à população”, citou Gilberto, sublinhando que a intenção da parceria é gerar ações preventivas e com isso, segundo ele, conseguir maior economia dos gastos públicos e ter mais eficiência nas atividades do órgão ambiental.

 

Prefeitura ainda está reformando Areião após o incêndio

No dia 21 de setembro um incêndio destruiu parte da Vila Ambiental, no Parque Areião, em Goiânia. O parque já havia registrado outro foco de incêndio na semana anterior.

A Vila Ambiental  foi criada na época da inauguração do parque, em 1996, como espaço dedicado para a educação ambiental, voltada para alunos das  redes municipal e estadual. O espaço é composto de anfiteatro, trilha ecológica e casas dedicadas à atividades educativas com crianças e adolescentes.

Na época os servidores da Amma, que prestam serviço no local, iniciaram o combate aos focos de incêndiio e acionaram os bombeiros, mas este alegou que estavam sem viaturas. trolado e que há uma viatura no local. Sobre o relato da funcionária de que o Corpo de Bombeiros não tinha equipe disponível às 10h45, a assessoria de imprensa disse que a corporação foi acionada apenas às 11h30 e enviou uma viatura imediatamente.

Ormando Pires, Diretor de Áreas Verdes da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), informa que a revitalização do parque está em andamento.  Ele salienta que após o incêndio, foi feita a retirada dos bambus queimados, e realizada a recomposição de outras áreas afetadas. A revitalização atingirá todo o parque, contemplando banheiros, iluminação, grades e toda estrutura do local, resume. (Com informações da Secom).