Prefeito está investindo na ampliação e melhoria dos atendimentos aos pacientes do SUS. Para isso, várias unidades de saúde estão sendo reformadas e construídas, tanto na atenção primária quanto na área de urgência. Um dos projetos mais importantes é a transformação de Cais em Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

A UPA Chácara do Governador será a primeira a ser entregue esta semana, no dia 13 de agosto. A unidade foi reformada e ampliada e recebeu adequações para ser transformada em UPA 24 h Porte III. Entre as principais mudanças realizadas na unidade estão a criação da sala de hidratação, sala de isolamento, abrigo para gás medicinal, além de ampliação da recepção, cobertura para ambulância, nova sala de observação de pediatria.

Na estrutura administrativa houve aumento das salas de repouso e mais sanitários para os funcionários. O Cais Chácara do Governador realizava atendimentos de emergência e ambulatório nas especialidades médicas de ginecologia, urologia, dermatologia e alergia. O Cais também possuía serviços de psicologia, fonoaudiologia e odontologia e com a ampliação passará a ter também ortopedia e pediatria. Com a ampliação a área ganhou mais 485,05m² e passará para 1944,60m² no total.

Esta semana também estão previstas as entregas de duas Unidades de Saúde da Família(USF).  Na região Norte, as reformas deram ênfase na revitalização da infraestrutura. A USF Balneário Meia Ponte contará com mais três consultórios médicos além de nova pintura e fachada, projetando um aspecto arquitetônico moderno. Houve também preocupação com a acessibilidade dos prédios. Na USF São Judas Tadeu foram implantadas novas calçadas, rampas e banheiros acessíveis.

UPAs 

As obras de reforma e ampliação do Cais Guanabara estão em pleno andamento para que a unidade também seja transformada em Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Porte III. Este tipo de unidade consegue atender casos mais graves, por isso foi realizada a readequação de três novos leitos de reanimação.  Os consultórios também serão adequados às portarias do Ministério da Saúde.

A área construída ganhará mais 600m2 , passando dos atuais 1.700 m² para 2,280 m². A nova unidade será adaptada para ser totalmente acessível, com adequações no balcões da emergência e na recepção do ambulatório. Os consultórios odontológicos passarão de 5 para 6 e serão atenderão as novas normativas. A unidade também contará, com novas salas de classificação de risco e quarto de isolamento individual.

Com a reforma a unidade que  atendia em média 5,5 mil pessoas por mês, passará a realizar  mais 10.100 atendimentos mensais entre urgência, ambulatório e saúde da família.

A Prefeitura investiu ainda na retomada de outras obras. A transformação do Cais Jardim América em UPA é uma das obras mais aguardadas. Após um período de paralisação devido à desistência da empresa responsável pela construção, nova licitação foi realizada e a obra reiniciada em junho seguindo, agora, normalmente com 75% já concluída.

O Cais Cândida de Morais também está sendo reformado e vai melhorar significativamente o atendimento aos usuários do SUS.  O setor de urgência e emergência foi o primeiro a receber as mudanças. A unidade terá enfermarias masculina e feminina separadas, sala de isolamento, banheiros acessíveis, além de adequações como; troca de piso e reparos nas redes elétrica e hidráulica. A obra está com 80% concluída.

Outra unidade que está sendo reformada é o Ciams Pedro Ludovico. A reforma foi iniciada em julho e contará com diversas melhorias, como a readequação e ampliação de todos os consultórios de acordo com as especialidades oferecidas na unidade. O ambiente será completamente restaurado, vai ganhar uma recepção moderna e confortável, além de banheiros novos. Pisos, portas e telhados serão trocados.  A reforma vai proporcionar melhores condições de trabalho aos profissionais e também maior conforto e segurança aos pacientes que procuram a unidade.

Unidades de saúde da Família (USF)

A Atenção Primária também está recebendo atenção da prefeitura. As unidades Alto do Vale e São Carlos que estão sendo construídas serão responsáveis por atender as necessidades da região Noroeste e vão substituir as sedes Vitória, Barravento e VS18.

As novas unidades contarão com salas exclusivas de vacinação, curativo e consultório odontológico. Os profissionais serão distribuídos em equipes com médicos, odontologistas, farmacêuticos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde , totalizando cerca de 90 servidores . Cada unidade possui 994,61m² de área construída, e com isso, a região passará a realizar cerca de 35 mil atendimentos .

O objetivo da atenção básica é o atendimento integral e continuado na família e na comunidade. “É um momento ímpar para a saúde, pois é considerável a transformação que essas unidade vão ter. Seja nas UPAs , cais ou as unidades da atenção primária, o serviço automaticamente será ampliado também, pois aumenta a quantidade de pessoas atendidas e dos serviços prestados e o beneficiado é o usuário do SUS”, finaliza Fátima Mrué.