Prefeito autorizou início das obras através da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), a pavimentação asfáltica no Jardim Petrópolis, Residencial Nunes de Morais, Sítio Recreio do Ypê e Loteamentos Aruanã Park e Faiçalville.

Segundo Iris Rezende, a pavimentação faz parte dos compromissos que assumiu com a população nestes e em outros bairros.

“No meu mandato anterior nós asfaltamos 134 bairros que não tinham o benefício. Desde que eu deixei a prefeitura, no entanto, outros tantos bairros surgiram sem pavimentação. Vamos asfaltar todos eles”, afiança Iris.

O titular da Seinfra, Dolzonan da Cunha Mattos, reitera que as obras de infraestrutura dos 31 bairros representam mais qualidade de vida à população. “É um grande projeto encabeçado pelo prefeito Iris, uma das suas grandes marcas, além, é claro, de levar principalmente dignidade à comunidade local”, afirmou.

Orçadas em R$ 26.546.176,60, as obras de infraestrutura nos cinco bairros vão incluir pavimentação, construção de galeria pluvial e meio-fio. A previsão é de que todo o serviço seja concluído no fim deste semestre.

Viaduto da Jamel Celílio

 

A Seinfra iniciou nesta semana mais uma etapa das obras de construção do Complexo Viário da Jamel Cecilio. Nesta fase, serão erguidas as 36 vigas de concreto que compõe a estrutura, com tamanhos de 30, 34 e 38 metros de comprimento.

De acordo com o titular da Seinfra, Dolzonan da Cunha Mattos, que esteve no local, esse estágio é considerado um dos mais importantes dentro projeto, pois são estruturas que irão sustentar todo o complexo, “São vigas que chegam a 36 toneladas, é um processo que exige total cuidado e atenção da equipe”, explicou.
Além da inclusão das vigas, outra equipe começou a executar a trincheira que irá compor o complexo. Neste ponto, operários começam a construir a cortina e o cravamento dos perfis, um dos processos mais importantes desta etapa.

Iniciada em setembro de 2019, a obra está com 35% dos serviços executados. Quando pronta ela dará maior fluidez ao tráfego de veículos para a Jamel Cecílio e para a Marginal Botafogo e maior acesso a essas duas vias para quem está na Leopoldo de Bulhões, eliminando o semáforo de três tempos no cruzamento e destravando o trânsito.

Já o elevado na Jamel Cecílio dará fluxo direto para as pessoas que querem atingir a BR-153, a GO-020 ou os bairros e condomínios da região; a Marginal Botafogo vai realmente funcionar como uma via expressa, sem nenhuma interferência semafórica.

Além de maior mobilidade, a construção do complexo viário trará outros ganhos para a região, como um novo sistema de drenagem, paisagismo e iluminação, fatores que contribuirão para a valorização dos imóveis e atrativos para o comércio local.