Evento ocorreu na manhã deste sábado, 7/0

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), participou no sábado (7/03) da entrega de cerca de mil escrituras definitivas aos proprietários de imóveis do Residencial Real Conquista, localizado na região Sudoeste de Goiânia.

 

As moradias do bairro foram construídas pela Prefeitura de Goiânia, em parceria com o Estado de Goiás, em 2006, para abrigar as famílias que foram retiradas da invasão do Parque Oeste Industrial, também bairro da capital.

A ação de faz parte do programa Primeira Escritura, criado pela Prefeitura de Goiânia após a sanção da Lei 10.231/2018, que estabelece novas regras para a política de habitação e regularização fundiária na capital e que regulamenta no município a Lei Federal n. 13.465, de julho de 2017.

Na oportunidade, Iris Rezende lembrou a sua preocupação com a moradia das famílias de Goiânia. “O poder público está cumprindo seu dever e realizando o sonho de muitos, valorizando as famílias, dando condições dignas de moradia”, disse ao lembrar os conjuntos habitacionais que criou no passado, como a Vila Redenção, Vila Canaã, Vila União, Alvorada, Vila Mutirão, e parte do Novo Horizonte.

“Eu entendi muito cedo, ainda lá na minha primeira administração como prefeito, que o primeiro item para dar dignidade à uma família é a casa própria. Construí vários conjuntos habitacionais para população e hoje Goiânia é a única cidade do Brasil com mais de 1 milhão de habitantes que não convive com favelas”, acrescentou Iris.

A primeira contemplada com as escrituras do Real Conquista, Cleide Santana, explicou que foi moradora do Parque Oeste Industrial e mora há 12 anos no bairro. “É a concretização de uma luta e agora temos dignidade, tranquilidade e respaldo da lei para defender as moradias que conquistamos”, comemorou.

A superintende de Habitação e Regularização Fundiária de Goiânia, Célia Valadão, agradeceu a “confiança de todos no trabalho da gestão municipal” e destacou o trabalho em equipe determinado pelo prefeito Iris Rezende para que as demandas da população possam ser solucionadas.

Por sua vez, o titular da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), Henrique Alves, fez referência às casas construídas na Vila Mutirão. “Hoje, mais uma vez fazendo história, estamos entregando mil escrituras aqui no Real Conquista. São anos de sonhos e promessas e foi necessário muito trabalho para que tudo isso pudesse se tornar realidade”, reforçou.

O programa Primeira Escritura da gestão Iris Rezende já contemplou cerca de 6 mil famílias com a escritura definitiva dos seus imóveis. Até o fim da gestão, em dezembro de 2020, a meta é alcançar a regularização fundiária de cerca de 8 mil imóveis localizados na capital.