Prefeito se reúne com governador para reestruturar decreto de lockdown na Capital, e a tendência é uma maior flexibilização na segunda quinzena deste mês de julho.

 O  prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) se reuniu na tarde de ontem, quarta-feira (8/7), com o governador Ronaldo Caiado (DEM) para definir protocolos para a flexibilização na capital. Segundo Caiado, o encontro foi extremamente produtivo.

O protocolo para a cidade está sendo elaborado de modo colaborativo entre o Governo do Estado e a administração municipal. O objetivo é abrir o comércio e, ao mesmo tempo, continuar a diminuir o número de contaminação de pessoas pelo novo coronavírus.

“É contando com a participação de toda a população, de todos nós, para enfrentarmos a pandemia, que a partir da próxima terça-feira estaremos voltando às atividades, mas sempre com muita responsabilidade”, disse Caiado.

Na busca constante pelo diálogo e aliando a preservação da vida e da economia, Caiado esteve de forma virtual com o setor produtivo goiano nesta terça-feira (07/07). Os representantes do comércio e das indústrias manifestaram apoio ao isolamento intermitente 14 x 14. O grupo disse que vai contribuir com a medida, ao mesmo tempo em que se aprofunda no planejamento para uma reabertura segura das atividades econômicas na próxima semana.

210 anos de Campinas

Em homenagem aos 210 anos de Campinas, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, abriu oficialmente nesta quarta-feira (8/7) ato simbólico de transferência da capital do Estado para o bairro, conforme a Lei Municipal n° 8.503 de 2006.

O evento ocorreu no auditório da Matriz de Campinas e sem a participação popular , para evitar aglomerações. Neste ano, excepcionalmente, o Mutirão da Prefeitura não foi realizado no bairro, em função da pandemia do coronavírus.

Em seu discurso, Iris lembrou o seu carinho todo especial por Campinas. “Campinas foi constituída de uma população secular, que veio de todos os cantos do Brasil. Esse ato de homenagem é um dos mais justos e importantes que se tem notícias”, disse.

O prefeito lembrou que Campinas era considerada uma das principais cidades do país. “Aqui teve um dos melhores colégios de freiras do Brasil, o Santa Clara. Pedro Ludovico não pensou duas vezes e escolheu Campinas pra abrigar a nova capital”, falou.

O vereador Anselmo Pereira reverenciou a história do primeiro bairro de Goiânia. ” Campinas é a mãe da cidade de Goiânia. Mãe dos homens e mulheres que fizeram e fazem história nesta cidade”. Na sequencia, o vereador homenageou o prefeito, puxando uma salva de palmas, em referência aos grandes serviços prestados ao bairro.